0
Shares
Pinterest Google+

petrede-cachorro-doente

A , além de ser associada à diversas , é um problema comum entre os bichos, mas pouco .

“Isso acontece na maioria das vezes pela falta de adequados para mensurar a do cão e do gato”, relata a diretora do Care, a Carla Berl.

Para não correr o risco de assustar ou estressar o animal, e com isso alterar o resultado do , o precisa ser feito com um aparelho específico de uso veterinário, chamado Doppler.

“É um procedimento simples, que deve ser feito antes de qualquer manipulação do animal”, diz a veterinária.

Nos cães o aparelho é colocado na patinha dianteira e nos gatos a também pode ser medida pela cauda.

As principais causas da hipertensão são excesso de peso, dor, trauma, problemas cardíacos, renais ou endocrinológicos. O aumento da pressão sanguínea pode se manifestar de formas mais sutis como o aumento do cansaço apresentar pelo animal e emagrecimento quanto por desmaios, convulsões, descolamento de retina e derrame cerebral.

A veterinária alerta ainda que a mensuração da pressão do animal precisa ser feita nos exames de rotina do animal.

Para prevenir que seu animal sofra com essa , é preciso visitar regularmente um veterinário, fazer uma dieta balanceada e utilizar medicamentos para livrar as artérias do sufoco e reduzir a força que o organismo faz para bombear o sangue também pode fazer parte da rotina dos cães e gatos.

Segundo Carla, existem discussões em relação a quando se considerar a pressão dos cães e gatos alta. “Normalmente começamos a medicar animais com pressão sanguínea acima de 160mmHg ou 16 popularmente”, diz.

O tratamento da hipertensão em animais depende do diagnóstico de origem, mas controles periódicos, medicamentos e dieta estão entre os itens mais recomendados.

“Primeiramente precisamos elucidar a causa da hipertensão que mais comumente é de originada tanto em cães como em gatos por problema cardíaco ou problema renal, por problema de aumento de triglicérides e colesterol, por doença da glândula adrenal”, explica Carla.

Fonte: Ribeirão Preto Online

Comentários

Previous post

Terapia pode ajudar na recuperação pós-operatória de animais

Next post

Cachorro inglês é alérgico a gatos e odeia carne

1 Comment

  1. suely bischoff machado de oliveira
    24/07/2010 at 16:57 —

    Olá
    Muito interessante.Eu desconhecia que gatos poderiam ter tb pressão alta.E tb que conforme disse a veter.Carla Berl, pode-se medir pela cauda do gato.Puxa,qto + se vive + se aprende,não é?
    Levei recentemente 1 gato meu de 9 anos no veter.p/ 1 avaliação,pois ele estava rejeitando a comidinha.E ele é 1 bom garfo………..rsrs O veter. ficou muito satisfeito ao ver o Virgílio tão saudável.Ele apenas constatou aftas na língua do pet,pode? É outra coisa q. tb eu desconhecia.Pensei q. fôsse dor de garganta ou mesmo dor de dente.
    abs