0
Shares
Pinterest Google+

A britânica Pauline Kidner, de 60 anos, que mantém uma fundação de reabilitação de lontras em Highbridge, na , ficou surpresa após uma órfã, que está sendo treinada para voltar à , ter feito com a “Mollie”. Para Pauline, a amizade inusitada foi crucial para a da lontra chamada “Garaint”.

Comentários

Previous post

Gata nasce com mancha que se parece com palavra "cat"

Next post

Cão arranca braço de menino; mãe de dono será indiciada