0
Shares
Pinterest Google+

O aumento da dos animais pode ser prolongado em até dois anos caso o animal tenha uma controlada, em pequenas quantidades e em horários determinados, sem contar que a incidência de relacionadas ao também é tardia.

eating_dog2

Esta novidade foi descoberta pelos do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento dos . Para a realização do estudo, foram analisados 48 cães divididos em dois grupos e acompanhados desde o nascimento até a vida adulta.

Um grupo recebia alimentação em horários predeterminados e em quantidade reduzida e o outro tinha à vontade. É importante ressaltar que ambos os grupos recebiam ração completa e balanceada, mas a porção oferecida ao primeiro grupo era 25% menor.
“Comer bem não significa comer muito, mas sim, comer o ideal. Dessa forma, o animal terá uma dieta balanceada e um suprimento adequado de vitaminas e nutrientes”, reforça a médica veterinária e tutora do Portal Educação, Danielle Pereira.

A pesquisa foi importante porque pôde alertar aos donos de animais sobre a obesidade que vem se tornando um problema cada vez mais frequente nos pets. Cerca de 30% dos que chegam às estão com excesso de ou pelo menos 20% pesam mais que o normal.

Via Pantanal News

Comentários

Previous post

Cientistas dizem que cães e gatos poluem mais que carros

Next post

Obesidade e a alimentação inadequada reduzem expectativa de vida de animais