0
Shares
Pinterest Google+

Um cachorro da na teve de ser submetido a uma para remover uma bola de que havia engolido.

Seu dono, John Grant, explicou que ficou preocupado com uma tosse do cão e resolveu levá-lo ao . Foi só então que descobriu o que havia ocorrido.

Um exame de revelou que havia um inesperado objeto escuro próximo ao de Bracken.

“Nós ficamos muito surpresos, porque quando fizemos o raio-X nós não conseguíamos identificar o que era”, disse Damien Chase, um veterinário que participou da operação.

Somente depois os entenderam que uma parte do do cachorro, contendo uma bola de futebol murcha, medindo 12 centímetros, havia se aproximado do coração.

Segundo eles, o labrador de dois anos sofria de uma anomalia congênita, um buraco em seu diafragma. Assim, parte de seu estômago eventualmente entrava e saía desse espaço. Porém, por causa da bola, o estômago ficou preso com a bola, perto do coração.

“Ele é um cachorro muito sortudo. Ele teria morrido sem a operação”, declarou Chase.

O cão teve de passar por duas cirurgias para remover a bola e corrigir o defeito congênito.

“Ele tem estado bem desde a operação, mas na época foi bem traumático”, disse Grant.

‘Ele come tudo’

O dono do labrador diz não saber onde Bracken encontrou a bola.

“Eu não sei de onde ele pegou essa bola, apesar de que pode ter sido no parque”, disse Grant, que vive em East Dunbartonshire, região próxima à Glasgow.

“Ele é bem curioso, barulhento e tempestuoso. Ele come tudo: garrafas plásticas, bolas de golfe, pedras e paus”, contou.

O veterinário Chase enfatizou que os donos devem ficar atentos a esse tipo de animal.

“Se você sabe que seu cachorro é fuçador, ele precisa estar sobre controle, ou mesmo na coleira”, explicou.

Fonte: G1

Comentários

Previous post

Japão inventa máquina de lavar cachorro

Next post

Cão doente invade UTI de hospital

No Comment