Cachorro ganha chip e uma dona

permitirá localizar os proprietários dos animais, se necessário.

A engenheira florestal Ana Benetti Seibt, 58 anos, gostou da ideia de ter guardadas todas as informações sobre Adebisi, seu novo cão, em um minicilindro de vidro do tamanho de um grão de arroz, introduzido sob a pele do animal. Eles foram os protagonistas, ontem, do início do programa de implante de chips em cachorros abandonados da prefeitura de .

Logo após ser submetido ao – feito por veterinários do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde –, o , uma mistura de labrador e fila de dois anos, deixou o canil com a nova dona. Adebisi fará companhia a outros três labradores e um fox. A aposentada também cria gado e cavalos em sua propriedade, no Lami.

– Ele ficou bem faceiro de ir para casa. Na hora de botar o , ficou meio nervoso. É que tinha muita gente assistindo – contou Ana.

Por meio de chips como o implantado em Adebisi, será possível identificar os proprietários e responsabilizá-los em caso de , agressão, mordeduras ou qualquer dano causado pelo cão.

Desde ontem, todos os animais encaminhados para pelo canil municipal recebem a identificação eletrônica, além de vacina antirrábica (para todos os cães) e polivalente (filhotes), de acordo com o coordenador do projeto, o José Carlos Sangiovanni.

– Cada pessoa que adotar um animal do canil receberá um certificado de microchipagem. A política de controle da população animal parte do princípio da identificação – explica.

O procedimento
O CHIP
> Pouco maior do que um grão de arroz, o é implantado na região dorsal do animal
> Será possível encontrar cães e localizar mais facilmente os proprietários
> Cada chip implantado terá um número que ficará armazenado com o cadastro do animal e os dados do no Centro de Controle de

Zoonoses
COMO ADOTAR
> Quem quiser adotar um cão deve comparecer ao canil municipal, munido de identidade:
Endereço: Estrada Bérico José Bernardes, 3.489, Viamão
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30min às 11h30min e das 13h30min às 16h30min
– Os animais saem do canil vacinados, vermifugados e esterelizados

Imagens:
Fonte: Zero Hora

Comentários

Um comentário sobre “Cachorro ganha chip e uma dona