16
Shares
Pinterest Google+

Você sabia que o de em cadelas é a neoplasia mais frequente na fase adultas?

Estudos demonstram que o câncer de mama em cadelas é a neoplasia mais comum da canina e, cerca de 40 a 50% desses tumores, são malignos.

Pesquisas comprovam que sua incidência aumenta com a , e o de surgirem tumores de mama aumenta a partir dos 6 anos, sendo 10 anos a idade média mais comum.

As dos tumores mamários são multifatoriais, englobando fatores genéticos, nutricionais, ambientais e hormonais, sendo os sexuais os mais correlacionados ao aparecimento.

afirmam que o risco de desenvolver tumor de mama em fêmeas não castradas é 4 vezes maior do que em fêmeas castradas.

No entanto, a como forma de depende da fase em que o animal foi castrado.

Quando realizada antes do primeiro , ela reduz o risco de do câncer de mama para 0,5%. Este risco aumenta significativamente nas fêmeas esterilizadas após o primeiro (8,0%) e o segundo (26%) cios.

Analisando esses dados, podemos afirmar que uma cadela castrada antes do primeiro cio tem 16 vezes menos chance de desenvolver tumor de mama quando comparada a uma cadela que foi castrada entre o 1° e 2° cios e, 52 vezes menos chance do que uma cadela que foi castrada entre o 2° e 3° cios.

Ou seja, se sua cadela foi castrada após apresentar os dois primeiros cios, ela tem 52 vezes mais chances de desenvolver câncer de mama do que uma cadela que foi castrada antes de apresentar o 1° cio.

A proteção conferida pela castração desaparece após os dois anos e meio de idade, quando nenhum é obtido. Então, o ideal é castrar ANTES DO PRIMEIRO CIO.

Essa conversa de “deixa ter o primeiro cio e depois castra que é melhor” é amplamente contrária à ciência médica .

também afirmam que a castração após o desenvolvimento do tumor parece não ter efeito significativo na progressão da .

Quanto aos anticoncepcionais, que são as conhecidas “injeções pra não dar cio”, estudos demonstram que o uso destes favorece o aparecimento do câncer de mama somente quando usados de forma prolongada.

Enfim, no que diz respeito ao câncer de mama em cadelas, já está comprovado que a melhor forma de prevenção é a castração .

Quem ama castra!

Dra. Ludimilla R. Credo
Médica Veterinária especialista em Clínica e cirurgia de cães e gatos
Há 10 anos na área, proprietária da Clínica Veterinária PontaVet (Vila Velha – ES) e membro do corpo veterinário da PetRede

Anterior

Dicas para cuidar de cães idosos

Próxima

Câncer de mama em gatas - O mês de Outubro é Rosa para elas também!