Filhote sobrevive após andar 20 quilômetros preso em motor de carro

Na companhia da esposa e do filho, o britânico Gavin Juliette, de 42 anos, dirigiu cerca de 20 quilômetros para buscar a sogra, que passaria o dia na casa da família.

No caminho de volta, 30 minutos mais tarde, a família estranhou ao ouvir latidos no interior do Audi A4.

Já na porta da residência da família, Gavin Juliette abriu o capô do carro em busca do latido que vinha de seu interior. Era Betty Boop que estava presa.

A cadelinha de apenas três meses havia entrado no motor após fugir do jardim de sua casa enquanto seu dono, Gary James, de 33 anos, estava distraído.

Suja de óleo e bastante assustada, a fêmea foi retirada do motor do veículo do vizinho e passa bem.

Em entrevista ao jornal local The Manchester Evening News, Gary James comemorou o sucesso de Betty Boop em tom de brincadeira: “Estou muito feliz que ela não tenha virado cachorro-quente”.

Deixe uma resposta