0
Shares
Pinterest Google+

A veterinária da Total Alimentos, Bárbara Benitez, explica os sintomas e o alimento indicado para essa afecção.

A em cães é um problema de que causa muita dor, vômitos e não permite que os alimentos sejam digeridos adequadamente. Muitas vezes, esse gastrointestinal é ocasionado por outras doenças, como alergias alimentares, infecções renais, pancreatite e câncer. Também pode ser causado por outras questões, como rotina alimentar inadequada, ingestão de determinados produtos químicos agressivos, , , bactérias e determinados medicamentos.

“Essa doença canina é caracterizada pela inflamação da que reveste o . Pode se apresentar de forma aguda (repentina e rápida) ou crônica (aparece lentamente e leva mais tempo para se resolver)’, explica a médica veterinária da Equilíbrio e Coordenadora da Comunicação Científica da Total Alimentos, Bárbara Benitez.

Estar atento aos primeiros sintomas é fundamental para evitar o do problema que causa muita dor e incômodo ao animal.

Quais os sintomas da gastrite em cães?

e dores abdominais são os principais sintomas da gastrite em cães, mas outros sintomas também podem aparecer. Sempre que notar algum deles, não hesite em procurar um veterinário para fazer o correto do problema. Saiba quais os sintomas:

  • Vômitos frequentes podendo ter ;
  • Dor abdominal;
  • Perda de peso;
  • Cachorro não quer comer;
  • Diarreia.

Raças de cães com predisposição à gastrite canina

Além dos agentes causadores da gastrite canina que já citamos, as raças de cães pequenos, miniaturas ou braquicéfalos apresentam predisposição para o desenvolvimento do distúrbio. Conheça algumas dessas raças para ter atenção redobrada caso tenha uma delas em casa:

  • Bulldog;
  • Maltês;
  • Shih Tzu;
  • Lhasa Apso.

Alimento para cães com gastrite

“O diagnóstico e o só podem ser feitos por um veterinário e, em casos crônicos, é fundamental um bem próximo. Uma das principais questões que envolvem o tratamento da gastrite é a dos cães, que deve ser adequada para evitar uma sobrecarga do sistema digestivo que já está debilitado”, orienta a médica veterinária da Equilíbrio.

Para a nutrição do animal durante o tratamento, a melhor é Equilíbrio Veterinary Intestinal – desenvolvida com selecionados, para facilitar a digestão sem deixar de oferecer todas as calorias, além de conter nutrientes e vitaminas que o seu animal de estimação precisa para as suas atividades diárias.

“Esse alimento possui vegetal hidrolisada, que tem alta digestibilidade, e é enriquecido com FOS e MOS, ingredientes importantes na e na manutenção da saúde intestinal”, acrescenta Bárbara.

Comentários

Anterior

Agility ajuda a conhecer melhor o cão

Próxima

Por que os gatos ronronam?