Você não gosta de pit bull? Veja se ele te fez isso!

Sensacional, simplesmente isso!
Definitivamente são vítimas, ou estamos passando por um atmosférico euro-linguístico biodegradável, onde somente pit bulls estão atacando pessoas, pois ninguém escreve sobre um que mordeu o dono ou um vira-lata que mordeu um pedrestre, coisa que acontece com uma frequencia tão maior que nem dá pra comparar com ataques de pit bulls, ai fica a , você sabe a ou se deixa manipular pela ?

Imagens:

Comentários

20 comentários sobre “Você não gosta de pit bull? Veja se ele te fez isso!

  1. meu deus quando o ser humano vai ter um pingo de juizo eu fico triste sabendo que tem pessoas que mata rouba tira vidas e verdadeiro vilao e o ser humano pois o pit bull e um grande amigo

    1. Concordo plenamente!Quando é que nós vamos ter consciência??!Tanta gente por aí que rouba,mata,e ainda tem a coragem de ter preconceito com um cachorro,só por causa de seu passado e do alguns desalmados fizeram com eles para torná-los agressivos.Tenho vergonha da raça humana!!!

  2. Hj quase fui mordida por dois viralatas soltos no centro da minha cidade o cachorro eram de propriedade de uma comerciante de móveis rusticos e estavam em frente do estabelecimento soltos. Eu estava de posse da minha filhote de pit bull de 06 meses, ambos os vira latas tentaram nos morder, a mídia só penaliza os pit bulls como agressivos a minha é dócil e mansa. Outras raças de cachorros são agressivos ou piores que a raça pit bull, não banalizem a raça pit bull mas os seus proprietários assim como de outras raças como vira latas, punição aos mesmos. Deixem a raça pit bull em paz!!.

  3. Tenho um pitbull e acho que todo o cão é reflexo do seu dono.
    Se você tratar com amor, receberá amor. Por que não se gera polêmica em torno de homens que batem em suas mulheres e alguns chegam até a matar. Vão extinguir essa raça também??????????????

  4. O piorrr de tudo é que quando se trata de um ataque de american pit bull terrier, as pessoas mal sabem os motivos, mal buscam saber os reais motivos mas só por ser o american pit bull terrier já julgam os coitados como monstros, enquanto que vemos o ser que se julga MELHOR do que tudo, o MAIS MAIS, o ser humano mesmo sendo racional, mesmo tendo livre arbitrio, mesmo com capacidade de pensar sobre seu atos, mata cruelmenta, faz atrocidades com seu semelhante e sua própria família, mas antes de qualquer coisa deve averiguar os fatos, os motivos…..AHHHHH CLAROOOO, e o coitado do american pit bull terrier já leva tiros, é sacrificado enfim…….o cão desta raça tem culpa por ser forte? por ter tamanha força? Desde quando um assassino é julgado pela sua força muscular? Falta respeito a vida, qualquer animal tem direito a vida, qualquer ser vivo, não cabe a nós tirar a vida de nenhum deles, se for assim estão agindo tão mal quanto qualquer um que mata……o peso é o mesmo…

    Que Deus ilumine a cabeça dos ignorantes insenséveis

  5. Sabe o que mais me choca, que as pessoas são tão ignorantes que falam exatamente as mesmas frasezinhas feitas e infelizes, sem fundamento nenhum que a mídia relata….”cão da raça Pitt Bull ataca o proprio dono” nossaaaa QUE MONSTRO, isso é a única coisa que se relatam, mas em alguma dessas reportagens alguém buscou saber como esse Pitt era tratado? Não e todos os Pitts de amigos meus (que não são poucos) e ainda uma casa de resgate de cães que ajudo, com mais de 30 Pitt Bulls que sofreram muito por causa de MONSTROS chamados HUMANOS e todos sem excessão extremamente dóceis, carentes de atenção a procura de um lar onde possam ser amados.
    E mesmo assim simplesmente sem fatos e provas a mídia que como sempre faz de nós robos manipulados resumem e fazem a matéria do jeito que da mais IBOPE…….Me desculpem mas um Pitt Bull não tem culpa de ser um cachorro forte, agil, potente, resistente com mordida destruidora, ele nasceu assim…. ele é mto menos agrassivo que muitas outras raças, mas exige muita dedicação, se tiverem um pouquinho de personalidade e pesquisarem verão que essa história de ser feito em laboratório é MITO (estudei ciencias biológicas amo genética), originou-se da raça adiantada de Molissian ( cães mais robustos e mais musculosos) dos cães.
    Comecem a ler mais e verão que a % de agressividade de um Dachshound é 20,6%, de um Chihuahua 16,1%, Jack russell terrier 7,7%, e o “monstro” que todos dizem tem 6,8 ou seja, tem muitos outros com grau de agressividade maior do que o deles, pesquisem, tenham argumentos para falar sobre a raça ou sobre qualquer assunto!!!

  6. Quero te dar os parabéns por essa iniciativa e estou com tigo nessa, pitbull e um animal maravilhoso e muito companheiro, são fortes e brincalhões e muito protetores, Silva vai aqui minha palavra para você, você não acredita no tão amigo e docil é um pitbull, não venha aqui fazer criticas que não ajuda na imagem do pitbull e sim trás mas anseios a população sobre tal, o Estado Brasileiro deve com toda a certeza se preocupar com tais problemas que trazem “feridas” a nação brasileira, tais com a corrupção que hoje e mais presente na nossa sociedade do que a mordida de um pitbull que só e visto com tal “cachorro agressivo” pois a mídia trás esse fato a tona, do mesmo modo que anos atrás, quando a criação de Dooberman erra mais evidente, o esse cachorro era o mais Agressivo, do mesmo modo hoje o pitbull e tachado, mais de forma erronia no meu modo de vista.
    Apoio essa campanha!

  7. Olá
    É isso aí mesmo! Parabéns por esta mensagem nesta campanha Pró-Pit Bull. Tenho gatos, mas amo e respeito tds os animais e seres vivos de modo geral.Tenho muita pena dos pit bulls.São discriminados, estigmatizados e sofrem o abandono por quem deveria zelar por eles.Abraço td a causa em pról destes animais.
    O verdadeiro monstro é o ser humano que manipula e adestra animais p/ a violência.
    É claro q. se vc atiçar qquer animalzinho, ou mesmo lhe ferir, ou pisar na sua pata ou rabo, ele irá responder a tal atitude,não é mesmo?Mas daí, a rotulá-lo de feroz e bravo,vai 1 grande distância.
    Td animal é reflexo de seu dono e responde num comportamento segundo o q. lhe passam os humanos.É óbvio q. existem duas questões no comportamento de qquer animal,ou seja:1.)a herança genética e 2.) o meio ambiente em q. ele vive.
    Respeitar a natureza de 1 animal é tb se respeitar como cidadão de bem.
    tchauuuuuuuuu

  8. O pit bull tem um temperamento firme e forte, que precisa ser trabalhado através do adestramento para um perfeito convívio. Comportamentos inadequados como liderança mal estabelecida e tratamento agressivo, são alguns dos problemas que muitas raças de cães enfrentam. Muitas vezes, esses incômodos são gerados por uma conduta inadequada dos donos que descaracterizam o animal. O animal sente e reage de acordo com os estímulos do ambiente em que vive.O processo de treinamento do animal está diretamente relacionado a dedicação empregada na sua educação.

    É necessário buscar conhecer melhor a raça, para reconhecer que esta imagem negativa, não faz jus a estes animais, que tantos benefícios oferecem aos humanos, como seus protetores, companheiros ou simplesmente amigos, quando tratados com amor e respeito.

    Para obter um resultado positivo, é preciso mais do que controlar o instinto do pit bull. Deve-se preparar e educar quem quer ter um animal desta raça. Animais têm vida, sentimentos e necessidades físicas. Por isso é muito importante realizar o adestramento na época correta, enquanto filhote, visando ter um cão equilibrado.

    A ferocidade incontrolável é fruto do despreparo no manejo e, até, da intenção do dono em fazer do animal uma arma.

  9. Existe uma discretíssima diferença entre a mordida de um Pit para qualquer outra raça está na gravidade do ataque.
    O mundialmente conhecido como mais “feroz” dos cachorros é o DACHSHUND ou TECKEL, faz inúmeras vítimas em todo o globo pois sua incrível mordedura abrange uma área aproximada de 10cm² em mãos, calcanhares e outras regiões periféricas e que estejam a uma altura máxima de 1m, fazendo com que seja necessário um curativo e muitas respirações para recobrar do susto. Por outro lado, um delicado Pit Bull, com seu instinto de atacar regiões vitais afim de imobilizar a vítima, traz como conseqüencia uma passada no pronto socorro, internações, uma série de cirurgias reparadoras ou óbito.
    Aí fica a minha pergunta… este é um post trote ou está faltando assunto mesmo??
    (estou ironizando, caso não tenha percebido).

    1. Por ter virado um cão da moda, muitas pessoas despreparadas, que não tem condições de adestra-los e direcionar toda a sua energia resolveram ter um pit bull em casa.

      Um cão com disposição para o trabalho como ele não pode ficar parado, nem em lugares pequenos, sob pena de sérios problemas comportamentais, assim como outras raças.

      Além disso, a violência é estimulada de forma desenfreada por boa parte dos donos, que acham que assim terão um cão de guarda, quando, na verdade, estão criando cães que podem ser agressivos inclusive com eles mesmos.

      Não se trata de exterminar a raça, mas criá-la quem tem condições! Já ouviu casos de pit bulls que são espancados até a morte por serem muito mansos e perderem rinhas? Acontece muito, mas não aparece na televisão. Porém, por serem muito fortes, quando atacam, fazem um enorme estrago e, isso sim, aparece na tv. E só aparece que o cão atacou alguém e ponto. Ninguém procura saber os motivos, de que forma ele era tratado, se a agressividade era estimulada nele, se vivia num cubículo, preso a uma corrente. Colocam de uma vez a culpa na raça e acabou.

      A culpa, meus amigos, é do homem.