0
Shares
Pinterest Google+

Sempre fui fã do e não sei como o Jon irá sobreviver sem o felino, mas vai valer a experiência…

Obra do irlandês Dan Walsh, a ser lançada nos EUA em Outubro, destaca a vida de Jon Arbuckle, dono do gato mais do mundo.

Por incrível que pareça, vai ser editado, em Outubro próximo, nos Estados Unidos, um álbum de tiras de Garfield… sem Garfield. O livro recolhe algumas dezenas das tiras originais de Davis, das quais Garfield foi, simplesmente, apagado.

A ideia – no mínimo, original – pertence ao (também cartoonista) irlandês Dan Walsh, de 33 anos, que, em Fevereiro deste ano, criou um site (http://garfieldminusgarfield.net) dedicado “a remover Garfield das tiras de Garfield com o propósito de revelar a angústia existencial de um certo mr. Jon Arbuckle” (o dono de Garfield).

E prossegue: “É uma viagem profunda ao interior da mente de um jovem isolado do Mundo, enquanto luta uma batalha perdida contra a solidão e a depressão num tranquilo subúrbio norte-americano”.

Sem Garfield, o sobrinho Nermal ou o cão , as tiras “ganham uma nova atmosfera, aumentando ainda mais a solidão de Jon Arbuckle… As suas observações soam algures entre a crise existencial e o mais profundo desespero”, escreveu, a propósito, o jornal “The New York Times”.

A ideia agradou aos fãs do gato, que multiplicaram as visitas ao site de Walsh, acabando por chegar ao conhecimento de Jim Davis, que, surpreendentemente, também se tornou admirador das tiras sem o seu gato, afirmando mesmo: “Foi uma boa inspiração; quero agradecer ao Dan por me ter permitido ver outro lado do Garfield. Algumas das tiras que ele escolheu ficaram muito divertidas. Quando as leio, penso: ‘Oh, eu devia tê-lo deixado de fora’. Teriam muito mais piada”.

Por isso, com o seu apoio, “Garfield minus Garfield” vai ser lançado pela Ballantine Books, uma divisão da Random House Publishing Group, que já publica as recolhas das tiras originais de Davis desde 1980, sendo já um dos livros mais aguardados do último trimestre nos Estados Unidos. A obra, com 128 páginas a cores, ficará disponível a 28 de Outubro e incluirá, lado a lado, as tiras originais com Garfield e a versão “apagada” para “que os leitores as possam comparar”.

O livro sairá em simultâneo com “Garfield 30th anniversary book”, no qual Davis revê as primeiras três décadas deste gato trintão, que se estreou nos jornais a 15 de Junho de 1978.

Gordo, preguiçoso, cínico e sarcástico, Garfield – adaptado a desenho animado e, mais recentemente, ao cinema, combinando animação computorizada e imagem real – ocupa o tempo em que não dorme a ver televisão, a devorar , a maltratar Odie, a esmagar aranhas ou a exasperar Jon, para deleite dos leitores de todo o Mundo que acompanham as suas deambulações diariamente em mais de 2500 periódicos e compram as muitas centenas de produtos licenciados, que fazem deste gato um dos maiores êxitos de merchandising da história da banda desenhada.

Anterior

Não aos cosméticos que usam animais!

Próxima

A quem os animais devem pedir socorro?

  • Clarence

    Qual a graça?

  • Noe

    Ai perde a graça, ele q faz sucesso

  • Dalila

    Gosto demais desse gato gordo!

  • good site!

  • francini

    eu adoro o garfield ,sou fã de coraçao …… FASSA MUITO MAIS SUSSESO GARFIELD!!!

  • Leticia

    Confira no final do post.

    Abraços,
    Ale

  • leticia

    oi tudo be?

    pq vc naum coloca mais fotos dele?

  • suely bischoff machado de oliveira

    Olá Ale

    Com certeza, poderei enviar uma foto do meu Garfield, ah! desculpe, Jordy!

    abraços

    suely bischoff machado de oliveira
    psicóloga
    atibaia

  • Administrador

    Ótimo, meu e-mail: ale@jovempan.com.br

  • Administrador

    Suely, o que você acha de enviar a foto dele pra gente postar aqui no blog???

    Abraços,
    Ale

  • suely bischoff machado de oliveira

    Olá

    Simplesmente fantástico é o Garfield, mas eu o tenho aquí na minha casa, pois o meu peludinho Jordy é o protótipo do Garfield. Ele é amarelo, cínico ,gorduchinho ,estressado, só pensa em comer, também gosta de lasanha! e de outros tantos petiscos , é egoísta, tem muito ciúme dos meus outros peludinhos, quer ter a sua poltrona sempre disponível, não admite intrusos na minha cama, sobe no sofá, faz estripulias com a coberta , e quando eu chego ,disfarça e faz de conta que foi o Virgílio, o outro felino meu, e por aí vai…. Eu bem que faço par com o dono do Garfield, o Jon Arbucke! É super divertido assistir ao Garfield. Estou aguardando o lançamento do livro!

    abraços

    suely bischoff machado de oliveira
    psicóloga
    atibaia