0
Shares
Pinterest Google+

Primeira empresa brasileira a disponibilizar no mercado pet para cães de específicas, a PremieR pet (www.premierpet.com.br) oferece atualmente um leque de 18 diferentes opções para e adultos. São alimentos que levam em conta as necessidades orgânicas dos animais para favorecer, por meio da equilibrada, o máximo desenvolvimento de suas características típicas e desejáveis, bem como e/ou minimizar os principais problemas de saúde que mais acometem determinadas raças.

comidaNo entanto, muita gente se pergunta: como isso é possível? Funciona realmente? Quem esclarece é a médica veterinária da PremieR pet, Keila Regina de Godoy. “Assim como vemos acontecer com a alimentação humana, a do animal também vem evoluindo muito, graças ao desenvolvimento científico e às matérias-primas de alta qualidade, os nutracêuticos, que permitem o desenvolvimento de uma nutrição funcional. Soma-se a isso o conhecimento das necessidades e das fragilidades de cada raça de cão e torna-se possível à indústria elaborar o alimento ideal para cada uma, num conceito chave-fechadura”, explica. Ou seja, o alimento é feito na medida exata para cada raça.

É fácil compreender como funciona na prática. O cocker, por exemplo, é um cão que tem grande tendência à catarata, assim como o poodle. Pesquisas científicas já evidenciaram que cockers com catarata têm menos vitamina C no sangue do que os cães sem a doença, e que a raça não sintetiza bem tal componente. Dessa forma, fica claro que a vitamina C tem caráter funcional para a raça e sua presença em doses e associações adequadas no alimento tende a beneficiar o animal, contribuindo para prevenir o problema ocular.

Rottweillers por exemplo, necessitam de altos níveis de determinados aminoácidos que formam a melanina. Sem os níveis adequados, sua pelagem preta nunca terá cor intensa e bonita. Portanto, um alimento que contenha a dose correta dos aminoácidos beneficia o rottweiller permitindo o máximo desenvolvimento desta característica da raça.

Os exemplos citados se multiplicam devido à grande diversidade de raças caninas atualmente. São muitos os benefícios e existe especial interesse na questão da prevenção de patologias, tais como a incidência de cálculo urinário nos yorkshire, a obesidade no labrador, os desvios de coluna no dachshund, o problema cardíaco no golden retriver , a incidência de displasia coxo-femural no bulldogue, entre outros.

“É importante reforçar que os alimentos para raças específicas têm fundamento científico e não são apenas marketing para atrair o consumidor. Mas também é preciso esclarecer que não tratam doenças. São, na realidade, um cuidado extra, preventivo, que se pode ter com o cão, dando a ele um alimento de alta qualidade e que atende suas necessidades particulares”, alerta a veterinária.

Oportunidade de negócio?
Mas, se não é por puro marketing, por que os produtos são desenvolvidos justamente para as raças “da moda”? Os últimos lançamentos da PremieR pet, por exemplo, foram para golden retriever e shih-tzu, raças que possuem grande procura atualmente.

Bem, quanto mais se amplia a criação de determinadas raças puras, maior a incidência de criadores oportunistas, que focam no volume e não zelam pelo aprimoramento genético dos animais. Sem esse cuidado e com o aumento do cruzamento consanguíneo, a incidência de problemas hereditários cresce na mesma proporção que o aumento da população. Aí está também a explicação do fato de cães sem raça definida –ou vira-latas, como são popularmente conhecidos–, viverem mais do que os de raça pura.

Nesse cenário, é fácil perceber que há uma necessidade cada vez maior de cuidados específicos com as raças de cães. E o mercado de pet food atua justamente para atender a essa demanda crescente, com o respaldo da comunidade científica.

Sobre a PremieR pet
Pioneira na fabricação de alimentos Super Premium para cães e gatos no Brasil, a PremieR pet tem uma das mais modernas fábricas da América Latina, localizada no município de Dourado, Estado de São Paulo. Detentora da certificação ISO 9001:2008, possui formulação fixa em todos os produtos comercializados, empregando sempre as melhores tecnologias e matérias-primas na produção de alimentos de qualidade superior. Há quinze anos a empresa vem acompanhando os avanços nutricionais relativos ao segmento, o que resulta num alimento com ingredientes especiais para animais com diferentes estilos de vida. Os itens de sua linha são vendidos exclusivamente em canais especializados, como clínicas veterinárias, pet shops e casas agropecuárias. Mais informações pelo Pet Fone: 0800 55 6666 ou no site www.premierpet.com.br.

Comentários

Previous post

Cachorro ajudou na operação que matou Bin Laden

Next post

Polícia prende homem que vendia animais silvestres

No Comment