0
Shares
Pinterest Google+

De tanto conviver com pessoas apaixonadas por cachorros, o proprietário de um de (CE) resolveu lançar um consórcio para compra de de .

O funciona de forma bastante parecida com o método usado nos consórcios para venda de carros. Um grupo de pessoas interessada em ter um bichinho de estimação pagam as mensalidades que cabe no bolso e participam de bimestrais.

Caso a sorte dê uma mãozinha, um participante do consórcio pode levar o filhote para casa logo ao entrar para o grupo e continuar pagando as prestações até completar os 20 meses de compromisso.

A ideia é boa, já que filhotes de raças como francês custa em média R$ 2.000 na capital cearense.

No vídeo abaixo, conheça mais detalhes dessa ideia.

Comentários

Previous post

À espera de um cão guia

Next post

Ilhabela - Prefeitura ultrapassa mil castrações pelo Programa de Respeito Animal

No Comment

  1. Isso é um absurdo, escrevi até uma matéria no meu blog contra essa ideia. Isso não pode virar moda. http://namanhadogato.blogspot.com/2011/01/consorcio-para-compra-de-animais-ajude.html

  2. Achei isso um absurdo, fiz até uma campanha no meu blog sobre essa matéria. Animal não é objeto!!
    http://namanhadogato.blogspot.com/2011/01/consorcio-para-compra-de-animais-ajude.html

  3. 13/01/2011 at 17:42 —

    concordo plenamente com Mariana….

  4. Mariana
    13/01/2011 at 16:03 —

    Não gostei da reportagem. Acho que isso trata os animais como objeto. As pessoas que não podem pagar por um animal de raça deveriam adotar e, mais que isso, se conscientizar que, se não tem como pagar pelo animal, como vai fazer se ele ficar doente? Como vai pagar por cirurgias, medicamentos?