0
Shares
Pinterest Google+

cemiterioO país já concentra mais cães e gatos do que crianças e muitos donos não se importam de pagar caro para ter as cinzas de seus animais enterradas em local especial O mercado de funerais de bichos de estimação está crescendo rapidamente no Japão, onde os donos estão trocando os serviços básicos de pela chance de enterrarem as cinzas de seus animais favoritos com direito a cerimônias normalmente reservados apenas a seres humanos.

De acordo com a de Comida para Animais, havia 26,8 milhões de cães e gatos no Japão no ano fiscal de 2008, encerrado em março deste ano. Um número muito maior, por exemplo, do que o de pessoas com menos do que 15 anos, que somaram 17,2 milhões nesse mesmo período.

Uma pesquisa da Fuji Keizai Co. indica que perto de 35.500 cães e gatos foram cremados em 2008 – um número que deve crescer entre 8% e 10% a cada ano.

Esses números podem receber ainda um reforço da iniciativa privada, que vem oferecendo cada vez mais para os donos dos bichinhos. Uma empresa sediada em está anunciando túmulos para guardar as cinzas dos bichos de estimação da família, dando novo ânimo ao mercado de para animais, estimado em mais de 1.000 operadores em todo o país.

Uma empresa de consultoria japonesa, JPR Corp., estima que o mercado de e cemitérios para animais vale hoje mais de 12 bilhões de , o equivalente a R$ 24 milhões.

A forma mais popular de é a cremação, seguida do repouso das cinzas em um local escolhido acompanhada de uma religiosa. Cada cidade conta com o seu próprio serviço de cremação, que não é necessariamente barato. Muitos donos criticam a falta de cuidado das autoridades, que nem sempre retornam as cinzas dos animais.

Já os serviços privados enviam carros para a do cliente para recolher o animal e depois devolver as cinzas do bichinho. O preço básico fica em torno de R$ 1 mil, dependendo do peso e do tamanho do animal.

O Centro Nacional de Defesa do aconselha que os donos tirem todas as suas dúvidas e chequem os contratos para se garantir contra taxas extras que só são especificadas após a realização do trabalho.

Para dar conta do aumento de pedidos, 45 de donos de animais já se organizaram para oferecer listagens aprovadas de companhias de cremação e especialistas em túmulos, criando a do de Animais em 2008.

“Os templos estão perplexos diante do aumento de pedidos de cremação de animais”, disse Ryugen Tanaka, monge superior do Templo de Chofukuji, em , à japonesa Kyodo. Líder da conferência, ele diz que foi difícil chegar a um valor para o serviço – orçado basicamente em R$ 562 e mais uma oferenda de R$ 374, comum nos templos.

“A conferência teve de rever as do Budismo para escolher um sutra para animais e adaptá-lo porque eles estão apenas partindo, sem deixar desejos terrenos”, justificou o à agência.

Anterior

Paris Hilton mostra a "mansão" de seus cachorros avaliada em US$ 325 mil

Próxima

Animal fica preso em grade de carro ao ser atropelado e sobrevive

  • Olá
    É isso aíiiiiiiiiiiOs peludinhos e emplumadinhos merecem toda a nossa atenção.Já tive a oportunidd de conhecer na cidade de Jandira, em SP, o Cemitério p/ animais. É muito lindo e bonito de se ver um belo jardim c/ as lápides dos peludinhos.
    Tem tb um necrotério c/ salas e td o +.
    Vale à pena conferir.
    abs