0
Shares
Pinterest Google+

cachorro-husky-com-homem-brincando-petrede

Alegria, como se sabe, aumenta os níveis de endorfina no . Essa substância, que é nosso calmante natural, influi no sistema de do corpo, deixando o paciente mais fortalecido. Dessa maneira, reage-se melhor às doenças. E os especialistas garantem que o cachorro também ajuda, de uma maneira indireta.

A prova de que os animais são benéficos à está numa encomendada por uma companhia de seguro australiana. Os empresários queriam saber se, de fato, os donos de cachorros tinham uma melhor. Constatou-se que os pacientes que cuidavam de um cão gastavam 16% a menos de medicamentos e saíam dois dias antes dos hospitais do que doentes que não mantinham contato com bichos.

Ter um bicho pode não ser apenas uma questão de lazer ou de companhia. A está descobrindo que eles também podem ser benéficos para a saúde humana. Estudos do American Journal of Cardiology mostram que pessoas, ao interagirem com animais, constantemente tendem a apresentar níveis controlados de estresse e de pressão arterial, como também estão menos propensas a desenvolver problemas cardíacos.

Em termos psicológicos, os cães, através de sua pureza e espontaneidade instintiva, resgatam a criança interior da pessoa e aumentam a capacidade de amar da mesma, conforme aponta Kassis.

Para as crianças, brincar com bichos também é positivo, até mesmo quando são animais de fazenda. Uma pesquisa realizada na Áustria mostrou que os pequenos que brincam com vacas, galinhas, porcos e ovelhas têm menos chance de desenvolver alergias e problemas respiratórios, como a asma. A explicação? O contato aumenta as células de defesa e deixa o corpo mais tolerante a bactérias e ácaros.

Fonte: JM Online
Anterior

Gatos e humanos têm relações mais complexas do que se pensava

Próxima

Cegueira e velhice: doenças como catarata também atingem cães