0
Shares
Pinterest Google+

(273 km de ) está estudando criar uma lei que regulamente a posse de animais por meio de cuidadores responsáveis – pessoas que mantêm em suas casas diversos animais.

Esse é mais um ponto discutido na cidade após morte do beagle Gabriel, 7 anos, que foi eutanasiado no (Centro de Controle de Zoonoses) da cidade no mês passado porque tinha sarna e a família demorou para buscá-lo.

Com a do cuidador responsável, a presença de animais nas ruas poderá ser reduzida, diminuindo a exposição dos bichos a doenças e atropelamentos. O resultado será a queda na demanda de animais em canis públicos.

De acordo com a vereadora Juliana Andrião Damus (PP), que faz parte da comissão que criou as primeiras diretrizes de um protocolo de atendimento aos animais da cidade – e que será discutido no Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Animais – a lei permitirá que mais pessoas possam ter mais animais em suas casas.

Segundo ela, o código de posturas de Araraquara permite que haja somente cinco animais em cada residência. A nova lei poderá aumentar esse número mediante o cumprimento de algumas regras, como espaço mínimo e condições de higiene.

Técnicos jurídicos da prefeitura foram convidados para participar da redação do texto, segundo Betty Peixoto, da ONG SOS Melhor Amigo, que também fez parte da comissão de criação do protocolo.

Betty disse que a ideia é regulamentar também o de animais, por meio de , por exemplo. Assim, o dono de um animal que for encontrado abandonado poderá ser multado por isso.

Anterior

Gato preto não dá azar

Próxima

Meu bichinho de estimação sumiu. E agora?

  • suely bischoff machado de oliv

    Olá.Bom dia.Na verdade estes CCZs são verdadeiros matadouros de animais.Eles, profissionais que deveriam zelar pelo bem estar do animal e primar pela higiene, sem dó e nem piedade matam, pois tratar, cuidar,respeitar os pets,etc dá muito trabalho para o cidadão brasileiro!É mais fácil matar do que tratar. Mas para os políticos corruptos nunca faltam  as verbas,não é?Já para os animais, eles alegam não ter verbas,pode?Dá para acreditar?Ah!Se aqui tivéssemos uma SPCA onde eles não negam cuidados aos pets e os transformam magnificamente de um pobre animal em um feliz animal.Depois os socializam e colocam para adoção.