0
Shares
Pinterest Google+

Proprietários devem ficar atentos com demonstrações exacerbadas de carinho com seus animais de estimação.

Matéria publicada no jornal Daily Mail alertou que donos de animais de estimação tiveram uma série de ao confortar seus bichinhos doentes.

Entre os casos relatados, uma das donas lambeu um conta-gotas de mel que havia sido usado para alimentar seu pet, enquanto as proprietárias de dois gatos beijaram seus animais alguns dias antes de os animais morrerem. As proprietárias foram hospitalizadas com respiratórias relacionadas às encontradas na boca dos animais.

O estudo dos casos, publicados na revista Clinical Infectious Diseases (Clínica de Doenças Infecciosas), mostraram o de dar carinho aos animais em seus últimos dias de vida. O é mais iminente hoje, quando os donos consideram seus bichinhos como membros da família. “Suspeito que isso acontece com mais frequência do que sabemos”, afirmou o médico Joseph Myers, da Summa Akron City Hospital em Akron, Ohio, Estados Unidos.

Durante os estudos, ficou claro que os problemas dos donos tinham uma conexão com a infecção causada pela bactéria Pasteurella multocida, transmitida junto com mordidas e arranhões e que causam comumente infecções cutâneas. Segundo o médico, 80% dos gatos e 60% dos cães a possuem. As infecções podem também ocorrer quando animais de estimação mostram sua afeição, ao lamber ou beijar.

Com sistemas imunológicos mais fracos, os bebês e os idosos têm mais probabilidade de contrair as infecções e podem ser incapaz de combatê-las. As três mulheres citadas nos estudos eram todas saudáveis antes da infecção. Os relatados por elas foram febre, calafrios, dor de garganta e dificuldade de deglutição e respiração. Ainda segundo o estudo, as bactérias dos pets afetaram as vias respiratórias das suas donas. O problema foi combatido com antibióticos e as pacientes se recuperaram em poucos dias.

Médicos que questionaram o estilo de vida das mulheres concluíram que os problemas surgiram a partir do seu animal de estimação. O veterinário Anthony J. Smith, que dirige um hospital de animais na Califórnia, garante que isso não o surpreendeu. “Há um aumento geral na proximidade entre as pessoas e seus animais de estimação. Os donos querem para seus bichinhos os mesmos tipos de serviços e cuidados do que qualquer outro membro da família.”

Beijar seu pet pode ser um risco à saúde, diz estudo foi modificado pela última vez: julho 25th, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Em novo vídeo, Pet Shop mostra como cuidar de seu filhote

Próxima

Seu cachorro também toca piano e canta?

  • Ana

    O médico, q tem propriedade para falar sobre o assunto, está relatando fatos e concluindo q cuidados se fazem necessários sim! Além disso todos sabemos q os bichos de estimaçao não possui os mesmos hábitos de higiene q o ser humano. E se ser humano tivesse os hábitos dos cães por exemplo de andar descalço pelas ruas, cheirasse fezes e tomasse banho às vezes certamente seria acometido por alguma doença. Então não é difícil concluir q se exagerarmos o contato físico com os cães sem os devidos cuidados poderemos nos contaminar sim. E esse fato não tem absolutamente nada haver com gostar ou não de animais. Cuidado para q o amor q vcs tem por seus animais de estimação não os levem a emitir opiniões levianas e passionais. É impt q todos tenham consciência dos cuidados para q busquem se preservar e para q algumas doenças sejam evitadas possivelmente por falta de informação.

    • Ana

      Corrigindo: Além disso todos sabemos q os animais de estimação não possuem os mesmos hábitos de higiene q o ser humano. E se o ser humano tivesse os mesmos hábitos dos cães…

  • Sabrina

    Os meus vivem me beijando e eu amo muito tudo isso.
    E se isso é verídico, sinceramente, minha saúde é de ferro…
    Eu não vou deixar que esse mimo que tenho com eles acabe por medo, se eu adquirir alguma doença, vou me tratar…

  • Leo Comercial

    Nossa não tem melhor beijo que dos meus cães… é muito carinho… Na verdade fico preocupada
    que EU passe doenças para eles, como doenças bucais, infecções e por isso dou uma restringida. Mas rolamos uns nos outros apertando, abraçando e beijando…

  • suely bischoff machado de oliv

    Olá.Bom dia! Compartilho da ideia de se ter higiene e limpeza em nossas casas e na higiene pessoal. É preciso ter regras, limites e disciplina. Mas se fôsse tão assustador beijar,abraçar,etc os nossos pets,eu já estaria doente, e o risco à minha saúde seria grande.Abraço,beijo meus peludinhos e tenho boa saúde.Meu sistema imunológico é ótimo.Onde está o dono de 1 peludo que não o beija e o abraça?
    Tenho gatos desde criança, pegava uns da rua,adotava,etc…………Nunca tive problemas de pele,de bronquite,asma,etc…..

    • nicole

      isso e verdade concordo ate hoje eu num peguei nenhuma doença então pra que vou pegar depois ne