Brigitte Bardot denuncia crueldade contra animais nos matadouros de Paris

A atriz francesa Brigitte Bardot denunciou a crueldade no sacrifício de animais nos matadouros parasienses, em anúncio publicado na imprensa francesa na quarta-feira (30/3). Ela considera “inadmissível e ilegal” que, na região metropolitana de Paris, “100%” dos animais sejam sacrificados por degola, sem antes serem deixados inconscientes, “em condições de violência e de inumanidade abjetas”.

Brigitte apela às autoridades para que acabem com essa situação. “Este massacre em nossos matadouros é diário. Não suporto mais. Peço a vocês que lutem comigo contra ela”, escreve Brigitte de próprio punho, no anúncio de página inteira em que exige ao Governo que “aplique a legislação francesa e europeia”.

Ela critica particularmente o Ministério da Agricultura da França, que, em sua opinião, não cumpre o dever de fiscalizar os matadouros e, sobretudo, “vigiar que os animais não sofram maus-tratos adicionais”. E ataca “a vontade manifesta de esconder este escândalo aos consumidores”, para que ninguém saiba qual o método é utilizado no sacrifício.

Sex Symbol do cinema francês entre os anos 1950 e 1970, Brigitte Bardot dedica-se à luta pelos direitos dos animais desde que se afastou do cinema, há mais de 30 anos.

Fonte: Pipoca Moderna

1 opinião sobre “Brigitte Bardot denuncia crueldade contra animais nos matadouros de Paris”

  1. Por Favor ! ! ! O mais importante é do Deus em aparição, mas Deus capaz não imediatamente aparente visível…Foi Deus que fez o mundo, não criou os maus, mas criou os filhos tornados-se maus…por quê temos encarnados viventes???? Não fomos pela a petição de nascer!!!!!

Deixe uma resposta