0
Shares
Pinterest Google+

Um casal inglês foi a cumprir 170 horas de serviço comunitário e a pagar uma pequena compensação, além de custos processuais, por soltar seu cachorro da coleira para atacar um gato em frente a uma escola primária em Colchester, no leste da , de acordo com informações do jornal Daily Mail.

O aconteceu em setembro do ano passado. Andrew e Katy Johnson estavam passando pela escola King’s Ford Junior com seu cachorro, da raça akita, quando avistaram o gato. O casal então soltou o cão da coleira e incitou o . Dezenas de crianças que aguardavam seus pais viram o cachorro atacar e matar o gato, e ficaram horrorizadas.

Após o episódio, o casal recolheu o cachorro e deixou o local. Em audiência no tribunal de Colchester, Andrew e Katy, 28 e 27 anos, respectivamente, se declararam culpados por causar desnecessário ao gato, incitar o ataque e por possuir um cão perigoso.

O marido foi condenado a cumprir 95 horas de serviço comunitário, enquanto sua mulher terá de trabalhar por 75 horas. O casal, que pediu desculpas, também foi ordenado a manter o cachorro com uma focinheira e sob uma coleira curta quando em público. Andrew também deverá pagar cerca de R$ 200 ao proprietário do gato, além de R$ 1250 de custos processuais.

Fonte: Terra
Anterior

Animais com lesões recebem tratamento com células-tronco em SC

Próxima

Saiba como combater as pulgas nos pets