Crime ambiental – Um em muitos

jacareEm Goiânia um camelô foi preso por vender carne de jacaré, de paca e de tartaruga. Na casa do sujeito encontraram duas armas de fogo sem registro e uma caixa de munição. No carro dele acharam uma machadinha de cerca de 20 centímetros e um caderno de anotações. Os policias encontraram também fotos do vendedor pescando e recolhendo ovos de tartaruga.

A parte boa deste caso, o camelô foi condenado a 2 anos e 9 meses de detenção, pena que isso foi convertido pra um trabalho comunitário.

Agora que o mundo está olhando para a incompetência do nosso governo em (também) cuidar da nossa natureza, nos resta a esperança que medidas realmente efetivas sejam tomadas, como por exemplo fazer valerem as leis…

Comentários

Você pode gostar...