0
Shares
Pinterest Google+

Seu amigo de estimação está comendo demais? Fique atento ao tipo de alimentação e à quantidade que ele está ingerindo. Confira dicas para evitar a animal:

Animal gordinho não é sinônimo de saúde: Casos de animais com problemas de obesidade são cada vez mais comuns, principalmente entre cães e gatos. Por isso, jamais dê a eles restos de comida. Este simples gesto é um dos maiores causadores da excessiva dos bichos.

Opte por boas rações: A melhor alimentação é a de boa qualidade, com proteínas, vitaminas e minerais balanceados. A quantidade deve variar de acordo com a e o tamanho do animal. No mercado há rações para todas as idades e até para animais obesos, que são as dietéticas.

Na medida certa: Não deixe o pote com ração à disposição. Quando o alimento está ao alcance, os bichos comem mais. O animal precisa aprender a comer na medida e nos intervalos corretos. Assim você estimula que ele consuma tudo de uma vez, não deixando que o alimento estrague. Também evite comer perto do animal e mantenha-o longe na hora das refeições. E mesmo que o bicho peça, não dê a ele o que você come.

: Sim, os animais também precisam dele! Leve seu amigão para com frequência e incentive-o a correr. Quando estiver em casa, estimule-o a brincar, jogando bolinhas, por exemplo, ou chamando-o para que ele se movimente alguns minutos. A reversão do quadro de obesidade depende da resposta do animal e, claro, da colaboração do dono.

Fique atento: Não dê ao seu cão ou gato bolachas, pães e guloseimas. Esteja atenta à aparência do seu bichinho. Se perceber que está gordinho, procure orientação de um veterinário.

Fonte: Tempo de Mulher
Autor: Paula Faciroli

Comentários

Previous post

Sagui-pigmeu de 12,7 centímetros pode ser o menor do mundo

Next post

Saiba como levar o cachorro para passear pode ajudar a sua saúde