0
Shares
Pinterest Google+

Um homem foi pelo tribunal municipal de Krefeld, no oeste da , a pagar uma de 1,5 mil euros por posse ilícita de armas após matar com um tiro a rã de um vizinho.

O acusado negou ter assassinado de forma premeditada a rã, chamada Knötti, mas admitiu estar em posse de armas sem a devido permissão. O tribunal confiscou dois fuzis que foram encontrados na casa do réu após o à rã e ordenou o pagamento de uma multa.

O dono da rã, Andreas Straelen, acusou o vizinho, aparentemente perturbado pelo coaxar de suas rãs, por atirar com uma escopeta de ar comprimido com o objetivo de silenciar os animais na lagoa. “Queria demonstrar que não está certo disparar contra espécies protegidas”, disse.

Uma segunda rã, contudo, sobreviveu ao ataque noturno, mesmo atingida por um tiro. “Ele vai melhorar”, afirmou Straelen, de 45 anos. Ele revelou que, após o incidente, a batizou de Ahab, o capitão coxo de Moby Dick.

O vizinho conservou o corpo de Knötti na geladeira durante meses como prova do crime. O juiz Christian Tenhofen, no entanto, não precisou da prova, já que o acusado não foi condenado pela morte da rã. Assim, o dono da rã decidiu realizar uma sepultura “em seu lugar preferido da lagoa”.

O lado trágico da história, acrescentou, é que Knötti, curiosamente, não coaxava: “Ela não coaxava, provavelmente por um defeito genético”.

Fonte: G1
Homem é condenado a pagar 1,5 mil euros por matar rã do vizinho foi modificado pela última vez: janeiro 7th, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Porca de 560 kg vira atração em cidade húngara

Próxima

Bélgica abre bar especializado para cães