0
Shares
Pinterest Google+

Você sabia que viver com o bicho sempre no colo e mimá-lo como um bebê é péssimo para a saúde psicológica dele? O animal desenvolve do dono e sofre uma profunda sempre que se separa dele.

pug-olhar-triste

Quem passa o dia inteiro fora e, à noite, decide compensar dando atenção exclusiva, também erra: isso faz com que sua chegada fique supervalorizada, levando o bicho, muitas vezes, a passar o resto do dia plantado na porta esperando – o que, convenhamos, não é vida.

Se você gosta realmente de seu amigo, precisa ensiná-lo a ficar feliz também sozinho. Uma das melhores formas é dar-lhe o direito de viver com um companheiro da mesma espécie, criando dois animais. Outra é acostumá-lo gradativamente a ser mais independente e fazer com que ele associe sua ausência com algo prazeroso, como uma caixa de brinquedos que o bicho acessa somente quando fica só.

Fonte: MdeMulher
Anterior

Cuidar de chinchilas não é tão simples quanto parece

Próxima

Alexandre Rossi dá dicas para o seu cachorro parar de se coçar