0
Shares
Pinterest Google+

Adotar um animalzinho de estimação é um ato de muito amor, mas de muita também.

É importante ressaltar que o pet requer , principalmente na ao novo lar e que o tutor terá gastos com alimentação, e também com eventuais de que o venha ter ao longo dos anos. “Muitos tomam a de forma precipitada, sem analisar que a chegada desse novo membro a traz mudanças na e no bolso”, diz Jorge Morais, e fundador da rede Animal Place.

O especialista explica que quando optamos pela de um animal de estimação temos que ter em mente que também estamos nos responsabilizando pelos cuidados ao longo de toda vida, ou seja, por aproximadamente 15 anos. “Não dá para descartar um pet quando não o queremos mais”, complementa. E, para evitar problemas futuros, alguns pontos devem ser levados em consideração antes da decisão. “, por exemplo, precisam de mais para educar e o novo dono deve estar preparados para isso. Outra dica importante é conhecer melhor o do animal para saber se ele vai se adaptar a rotina da nova família, já que alguns são mais enérgicos que outros”, ensina.

Feitas as devidas observações, o veterinário finaliza. “Apoiamos e estimulamos a adoção. Não se compra um amor incondicional. Adotar é tudo de bom e ajuda a minimizar o problema social e sanitário de de pets, mas o novo tutor deve estar preparado para cuidar e amar durante todo o tempo de vida, na saúde e na doença, exatamente como em um casamento”.

Sobre Animal Place
Criada em 1997 pelo veterinário Jorge Morais, a Animal Place é focada em cuidados para animais de estimação. A rede de franquias oferece a integração de serviços de hospital veterinário, centro estético, loja e franquias, com criativas e atraentes para os clientes. Todas as lojas disponibilizam espaços exclusivos para felinos e filhotes, em que os profissionais têm de ruídos , e baixo de contaminação. Mais informações: www.animalplace.com.br

Anterior

Fitoterápico FIT: o pet é o que ele come

Próxima

Dicas para transportar Gatos sem estresse