0
Shares
Pinterest Google+

Quem tem um animalzinho de estimação em casa sabe o quanto de cuidado ele merece. Às vezes, toda essa pode exagerar a dose e o dono sempre acaba descuidando de alguns aspectos importantes, como a .

O pet até pode comer a mesma coisa que nós, mas, dependendo do alimento, ele pode conter muito conservante ou , que pode causar problemas intestinais no animalzinho. Muita gente pensa que alimentos industrializados, como salsicha, presunto e linguiça, podem prejudicar a do animal.

cachorro-comida-jantar-refeicao-almoco-banquete-alimento-petrede

O problema não é o tipo de alimento, mas a quantidade ingerida. O organismo do cão ou gato está preparado para processar carnes das mais variadas possíveis. No entanto, hoje em dia as rações já vêm balanceadas e o ideal é nutri-lo com este alimento específico.

“Que cachorro não gosta de uma carninha, seja ela de que tipo for? No entanto, é importante lembrar que a ração já é uma alimentação indicada e que outros tipos de alimentos devem ser oferecidos de maneira bastante controlada pelo proprietário”, reforça a médica veterinária e tutora do Portal Educação, Danielle Pereira.

Caso o dono do animal opte por alimentá-lo com ração, não há problema se quiser agradar o pet dando um pedacinho de salsicha ou mesmo outro tipo de embutido. É importante apenas atentar-se para que essa quantidade não ultrapasse os 10% da porção diária da ração.

Anterior

Feromônio sintético ajuda a deixar gatos mais tranquilos

Próxima

Porque o meu cachorro tem diarréia?