0
Shares
Pinterest Google+

microchip1Projeto em apreciação na Câmara de prevê a obrigatoriedade do de animais domésticos através do Registro Geral de Animais. A proposta, da vereadora Julieta Reis (DEM), é que o cadastro possa ser feito também em estabelecimentos veterinários, lojas que comercializam produtos para animais ou entidades protetoras credenciadas e supervisionadas por órgão competente da .

Ao defender sua iniciativa, a vereadora argumenta que “o abandono de bichos de estimação tem proporções incontroláveis, renovando as populações de animais soltos nas ruas da cidade. E com esse programa será possível eliminar o problema”.

Julieta explica que a eletrônica é um dos meios usados há 15 anos no continente europeu para diminuir a perda ou roubo de cães e gatos. “Na , o animal recebe um sob a pele com número de identificação único no mundo registrado numa base de dados com o seu contato”, explica a parlamentar, lembrando que a entidade responsável em Portugal é o Sindicato Nacional dos Médicos Veterinários.

Ao apontar as vantagens do programa, Julieta Reis cita a facilidade de identificação do proprietário caso o animal de estimação se perca; identificação inequívoca do bicho em caso de roubo; permite a contagem do número de cães no país (quando for obrigatório) e o dono será responsabilizado se abandonar o animal.

“Por todos esses motivos, entendemos que o cadastro geral de animais beneficiará toda a população e trará ao município o melhor controle da situação. Será possível também ter maior controle dos animais domésticos e evitar o grande número de abandono e punir aquele que abandonar o bicho de estimação”, conclui.

Fonte: Jornale
Link: http://jornale.com.br/portal/curitiba/77-01-curitiba/17499-projeto-propoe-obrigatoriedade-do-cadastro-de-animais-domesticos.html
Anterior

Nestlé Purina apresenta biscoito Dog Chow em nova embalagem

Próxima

Leão paralítico que motivou campanha na web é cremado em SP