0
Shares
Pinterest Google+

A de de São Paulo iniciou nesta semana a distribuição a 645 municípios paulistas de 7,2 milhões de doses de contra a animal, causada por um mortal tanto para os homens quanto para outras de , como cães e gatos.

As têm até o final de setembro para iniciar a de , mas a estimativa da secretaria é de que, na maioria das localidades, a campanha aconteça já em agosto. Em 2009, cerca de cinco milhões de cães e 630 mil gatos foram imunizados em todo o estado.

Só para a paulista serão destinadas 1,5 milhão de doses do , cuja primeira deve ser feita a partir dos três meses de idade do animal, que deve receber um reforço entre 30 e 45 dias após a dose inicial. Além disso, a revacinação deve ser anual.

Ainda de acordo com a secretaria, há nove anos nenhum caso de raiva entre humanos foi registrado no estado. O último caso envolveu uma moradora da cidade de Dracena, que foi atacada por um gato que contraiu o vírus rábico de um morcego. Daí a ênfase das autoridades médicas em sensibilizar a população para a importância de que também os gatos sejam vacinados, e não apenas os cachorros.

De acordo com o Instituto Pasteur, alguém atacado por qualquer animal deve lavar imediatamente o ferimento com água e sabão e procurar com o serviço de saúde mais próximo. Além disso, se possível, o animal não deve ser morto, mas sim deixado em observação durante 10 dias, para que se possa identificar qualquer sinal indicativo da raiva. E caso este animal adoeça, morra, desapareça ou mude de , a pessoa deve voltar a procurar o serviço .

Fonte: Diário do Grande ABC
São Paulo prepara campanha para vacinar 7 milhões de animais foi modificado pela última vez: julho 7th, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Cientista diz ser 'quase impossível' deixar de usar animais em pesquisas

Próxima

Superpopulação de gatos na Unesp provoca conflito