0
Shares
Pinterest Google+

O Tribunal de Justiça da União Europeia rejeitou, na quinta-feira passada, uma apelação interposta por um grupo de inuítes (membros da nação indígena esquimó que habitam as regiões árticas do Canadá, do Alasca e da Groenlândia) e comerciantes canadenses que desejavam prosseguir com o comércio de produtos derivados de foca.

O julgamento é considerado de grande importância. As informações são da Organizacão sueca de direito e protecao animal Djurens Rätt e sítio oficial da OMC.

A União Europeia proibiu o comércio de produtos derivados de foca em 2009. Insatisfeitos com tal decisão, o Canadá e a Noruega também apelaram para a Organização Mundial do Comércio (OMC) reivindicando uma revisão sobre a proibição do comércio de produtos de foca na União Europeia. A OMC vai considerar o assunto em uma audiência pública em Genebra entre os dias 18-20 fevereiro.

Por Bethania Malmberg (da Redação – Suécia)

Comentários

Previous post

Suspeito de atacar gato a mordidas é preso, no interior do Amazonas

Next post

Gatil será usado como ponto de queima de fogos no carnaval