0
Shares
Pinterest Google+

Como se não bastassem os malefícios à humana, também pode causar problemas respiratórios e no animal de estimação. Aliás, os bichinhos sofrem, e muito, com o fumo passivo. O vem de uma pesquisa da fundação americana The People’s Dispensary for Sick Animals.

Segundo ela, gatos expostos ao cigarro têm o dobro de propensão a desenvolver linfoma, um que ataca o sistema linfático e destrói as células de defesa. Os cachorros, por sua vez, têm probabilidade de apresentar problemas respiratórios. “Tumores em seios nasais também são duas vezes mais frequentes em cães que moram com ”, salienta o veterinário Eduardo Schmidt, de São Paulo. Isso porque os componentes do tabaco, ao serem absorvidos pelas células, danificam seu DNA, favorecendo o câncer.

Se você ainda não se convenceu de que o melhor é largar o vício de uma vez por todas, pelo menos evite soltar perto do bichinho. Final, o animal não tem nada a ver com sua escolha. Procure uma janela, uma varanda ou qualquer outro lugar aberto.

Comentários

Previous post

O seu gatinho faz isso?

Next post

Mito: gatos de pelagem escura causam mais alergia do que os claros?