Ano da biodiversidade ou do tráfico de animais?

Alguns números do ano sobre meio ambiente começam a aparecer e dão indícios de que a situação não é mesmo de comemorações.

O ano de 2010 já bateu recorde isolado da década em número de apreensões de pássaros. E isso só contando o Mato Grosso do Sul. A Polícia Militar Ambiental (PMA) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já apreenderam 1.441 pássaros de dez espécies diferentes este ano nas estradas do Estado.

Antes, o ano de 2004 tinha este título de ano do tráfico de animais, com 671 animais apreendidos. Ou seja, mais do que o dobro e o ano ainda nem acabou.

Segundo a Polícia Ambiental, a situação pode piorar porque algumas aves, como papagaios e araras, nascem entre setembro e dezembro. E os traficantes de animais preferem os filhotes.

Um papagaio recém nascido é comprado por R$ 30 a R$ 40 na mata e revendido por dez vezes mais – pelo menos R$ 500 – em grandes centros urbanos.

Deixe uma resposta