Americano que estrangulou cachorro da ex-namorada pega 1 ano de cadeia

Libra, em foto divulgada pelas autoridades. (Foto: AP)

Um americano foi condenado a um ano de prisão por ter matado o cãozinho de uma ex-namorada para se vingar dela.

A procuradoria do condado de Westchester, no estado americano de Nova York, informou que Jonathan King, de 21 anos, foi sentenciado a um ano de prisão e a um ano de liberdade condicional.

King havia confessado em março que matou o yorkshire Libra intencionalmente, por estrangulamento.

O crime ocorreu em abril de 2009, na cidade de White Plains, na casa da ex, que estava vazia no momento do crime.

O corpo do animal foi encontrado atrás de uma secadora de roupas. King foi identificado pela análise do DNA retirado do sangue encontrado nas garras do cão.

Fonte: G1

0 opinião sobre “Americano que estrangulou cachorro da ex-namorada pega 1 ano de cadeia”

  1. Olá
    Muito boa esta justiça americana.É isso aíiiiiiiiii Imagina só se por qquer coisa desagradável q. nos aconteça, saimos por aí matando, estrangulando,ofendendo,etc………..Só mesmo os doentes mentais,incompetentes,fracassados,inoperantes,etc é q. se comportam assim. As pessoas q. não conseguem lidar com as suas emoções agradáveis e mesmo desagradáveis,têm necessidade urgente de 1 tratamento psicológico.E este sujeito c/ apenas 21 anos de idade já cometeu este crime, imagina o q. vem pela frente hem? Se ele não fôr contido em suas investidas, este tipo de comportamento poderá vir a se repetir num futuro.O pet não vai ressucitar,mas a sua dona se sentirá 1 pouco recompensada em sua dor, não é mesmo?Imagina só o sofrimento deste cãozinho ao se deparar com alguém conhecido e q. o estrangula com requintes de ferocidade,hem?Cadeia p/ este sujeito é pouco,1 ano detido e + 1 ano na condicional.De qquer forma lá nos EUA as leis funcionam e não tem jeitinho de escapar.No Brasil é td 1 grande panacéia.Aqui a vítima passa a ser réu e o réu passa a ser a vítima.Um grande absurdo.
    Que a alminha deste pet possa estar em paz!

Deixe uma resposta