0
Shares
Pinterest Google+

Um homem australiano chamado Joseph Guiso surpreendeu todos em sua quando decidiu se casar com sua de cinco anos da raça .

Segundo Guiso, ele ama tanto o bichinho que não conseguia mais suportar não estar casado com ele. O casal “decidiu” se casar enquanto estava fazendo uma caminhada no . Eles viram um acontecendo por lá e Guiso comentou “poderia ser a gente”.

Honey, a labradora, não pôde dizer “sim”, mas Guiso acredita que ela aceitou o .

Na deles, 30 convidados estavam presentes e um amigo fez o “papel” de padre. Joseph escreveu os próprios votos “você é minha melhor amiga e faz cada parte do meu dia melhor”. Depois deu um no de Honey.

De acordo com o australiano, não tem nada de no deles – apenas .

Se eu fosse uma autoridade local, certamente ficaria de olho nesse cara…

Autor: Luciana Galastri
Fonte: HypeScience
Anterior

Delegacia espera receber até 100 denúncias de abusos contra animais

Próxima

Animais feridos ou mutilados podem ser adotados no Ibama

  • Olá Alexandre.Este tipo de comportamento refere-se a um” transtorno de conduta”, ou seja, este indivíduo pode ser bastante cruel em seus atos com esta vítima,que é esta cachorra.Isto é, é como se ele sentisse prazer em estuprar a cachorra, submetê-la ao seu desejo, ou seja, do forte sobre o mais vulnerável..Ele caminha na contra mão do equilíbrio psíquico.Pode ser um comportamento realizado também com outro ser humano.Ele sente prazer em vitimizar um outro ser,mas diz que ama este outro ser.

  • Olá.Este indivíduo deve ter sérios comprometimentos na esfera sexual.Casar com uma cachorra de estimação ,pode estar apenas encobrindo a sua verdadeira neurose.