0
Shares
Pinterest Google+

cachorro-latindo-petrede

Tenha com o cachorro do seu , que não para de e sempre tenta lhe , porque ele pode sofrer de depressão em vez de ser por . Essa é a conclusão de um feito pela Universidade de Zaragoza, na .

A descobriu que os cães que apresentam mau comportamento tendem a ter níveis menores de no cérebro (substância relacionada a transtornos de , que tem a estimulada por antidepressivos) e (hormônio ligado ao ) do que cães mais calmos e felizes.

Em humanos, a queda de serotonina é normalmente conectada a problemas como depressão e , por exemplo.

Os autores do estudo analisaram amostras de de 80 cachorros de dois veterinários após seus donos reclamarem que os animais eram agressivos. Os foram comparados com amostras de sangue de 19 cachorros com o comportamento considerado “normal”. A pesquisa, que saiu na publicação científica Applied Animal Behaviour Science irá colaborar com o da depressão canina e facilitar a elaboração de novos tratamentos para problemas de agressividade, que poderão ser feitos à base de antidepressivos.

Fonte: Revista Galileu
Anterior

Epidemia de obesidade também atinge seu melhor amigo

Próxima

Avanços na medicina veterinária e rações adequadas aumentam expectativa de vida