0
Shares
Pinterest Google+
Foto: Reprodução/NT News

Um cão recebeu uma de na cidade de Darwin, na , porque estava parado em um “lugar proibido”, segundo do australiano “Northern Territory News”.

De acordo com o periódico, a professora Marilyn Feneley prendeu o em uma cerca antes de entrar em uma loja. Mas, quando os agentes de trânsito chegaram, eles consideraram que ela não poderia ter deixado o animal naquele lugar.

Ray McEvoy, que testemunhou a cena, disse ao jornal que não podia acreditar no que estava vendo. Segundo ele, dois agentes se aproximaram, aplicaram uma multa e a colocaram na coleira do cachorro.

O porta-voz do , Grant Fenton, disse que a decisão dos fiscais foi acertada. “Você não pode amarrar um cão e sair”, destacou Fenton.

Fonte: G1

Comentários

Previous post

Tailandês mantém mais de 4.600 escorpiões como animais de estimação

Next post

Gato come nota de 500 euros e caso vai parar na justiça