0
Shares
Pinterest Google+

– Britânicos donos de cachorros podem ser obrigados a colocar nos seus animais de estimação, de acordo com um que visa controlar os perigosos cães.
Alguns cidadãos do não concordam com a ideia e argumentam que agora o Estado, além de já vigiar o que acontece nas ruas por meio de inúmeras câmeras espalhadas nas cidades, também quer rastrear cerca de 8 milhões de cachorros.

“Isso só serve para expandir a e aumentar as formas de o reunir informações sobre nós”, disse Dylan Sharpe, membro de um grupo de dos direitos humanos chamado Big Brother Watch.

O objetivo do governo é resolver o crescente problema de cachorros agressivos sendo usados para ameaçar, e até matar pessoas. Em um país onde as armas são estritamente controladas e em que até levar uma faca de cozinha pode resultar em prisão, os especialistas em direitos dos animais e políticos afirmam que muitos estão recorrendo a cães violentos para assustar suas .

De acordo com a Royal Society for Prevention of Cruelty to Animals, o número de queixas a respeito de brigas de cães aumentou drasticamente de 2004 a 2008, o último anos em que dados estavam disponíveis.

O projeto do governo britânico foi elogiado por grupos a favor do bem-estar dos animais, incluindo o RSPCA, que apoia o implante de microchips nos cachorros, inclusive para mantê-los sob o cuidado de seus donos.

A proposta define os chips como “chips do tamanho de um grão de arroz, que não causam dor e são implantados nas costas dos animais”.

As informações armazenadas pelos dispositivos são facilmente acessadas por scanners utilizados normalmente por .

Ainda não está claro quando o projeto vai – e se irá realmente – entrar em vigor. Essas propostas costumam passar por um período de avaliação que dura 12 semanas.

Fonte: Info
Chips serão implantados em cães britânicos foi modificado pela última vez: julho 2nd, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Empresa americana lança cinto de castidade para cães

Próxima

Mulher paga R$ 188 mil por ano para quem segurar coelho gigante

  • eduardo almeida

    Aqui no Brasil seria de bom grado a adoção dessa lei, não para somente cães agressivos, e sim para termos algo para punir proprietários que não cumprem a posse responsável de animais, que abandonam nas ruas e outras crueldades. Pensem nisso.

    Abs