0
Shares
Pinterest Google+

Encher o jardim de pode parecer uma boa ideia para deixar o ambiente mais bonito e agradável. Mas se você tem um cachorro ou um gato, calma lá. Muitas usadas para a decoração são para os animais.

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP (Universidade de São Paulo) fez uma lista com as plantas mais relacionadas aos casos de de animais na cidade de São Paulo, identificando as substâncias tóxicas e mostrando os nos pets.

Apesar de não serem herbívoros, cachorros e gatos podem comer plantas por , por estarem na idade de morder tudo ou até mesmo por .

O estudo, feito a partir de com médicos e levantamento bibliográfico, mostra que as plantas que causam intoxicação com maior frequência geram sintomas que vão de  e a , podendo levar à .

Caso não dê tempo de evitar a intoxicação e o animal coma alguma espécie tóxica, a professora Silvana Lima Górniak diz que o melhor é levar a um veterinário, já que cada planta causa uma resposta diferente no organismo dos animais.

“Muita gente pensa que pode ser bom provocar o vômito, para o bicho cuspir a substância, mas esse não é recomendado por poder machucar ainda mais o animal”, explica.

Na hora de levar o pet ao veterinário, mesmo sem a certeza da ingestão, é bom comentar com o médico sobre a existência de alguma dessas espécies no jardim, alerta a pesquisadora. “Isso para que os sintomas não sejam confundidos com outras doenças e o diagnóstico seja correto.”

Plantas que mais intoxicam bichos em SP

planta-toxica-para-cachorro-gato-anturio-petrede

Antúrio

Todas as partes da planta possuem ocalato de cálcio, um princípio ativo que oferece riscos à saúde dos animais. Os principais sintomas são queimação de mucosas, inchaço da boca, lábios e garganta, edema de glote, asfixia, náuseas, salivação, vômitos e diarreia.

planta-toxica-para-cachorro-gato-azaleia-petrede

Considerada símbolo da cidade de São Paulo, seu princípio ativo é a andromedotixina, cuja ingestão pode causar distúrbios digestivos e alterações cardíacas no animal.

planta-toxica-para-cachorro-gato-bico-de-papagaio-petrede

Apenas o toque nessa flor pode causar lesões cutâneas e conjuntivite nos animais. Além disso, a ingestão causa náuseas, vômitos e gastroenterite. Isso tudo por possuir o princípio ativo ‘latex irritante’, que tem um aspecto leitoso e é composto por esteres de diterpeno.

planta-toxica-para-cachorro-gato-copo-de-leite-petrede
Pode parecer inofensivo, mas o copo-de-leite causa irritação das mucosas, dor severa e até edema de glote nos animais dométicos. A planta tem em sua composição oxalato de cálcio e saponinas.

planta-toxica-para-cachorro-gato-espada-de-sao-jorge-petrede

A planta ornamental é muito usada em jardins, porém a espada-de-São-Jorge contém glocosídeos pregnâncios e saponinas esteroidais, substâncias que se ingeridas causam dificuldade de movimentação e respiração devido a irritação na mucosa e salivação intensa.

planta-toxica-para-cachorro-gato-espirradeira-petrede
Existem glicosídeos cardioativos em todas as partes da planta e eles são responsáveis por causar arritmias, vômito, diarreia, perda da coordenação muscular, dificuldades respiratórias, paralisia. O animal pode até morrer. Os sintomas aparecem de 1 a 24 horas após a ingestão.

planta-toxica-para-cachorro-gato-lirio-petrede
Todas as partes do lírio são tóxicas. Os sinais de intoxicação nos animais são irritação oral, sensação incômoda e coceira na pele ou mucosas, irritação ocular, dificuldade para engolir e, em casos mais graves, dificuldade de respirar. A flor pode chegar a causar alterações das funções renais e neurológicas.

planta-toxica-para-cachorro-gato-planta-da-maconha

Maconha

É proibido cultivar a Cannabis sativa no Brasil, no entanto a planta aparece entre as que mais intoxicam animais. O que acontece é que muitas vezes o bicho, perto de usuários, acaba inalando a fumaça da maconha ou então ingere pedaços da planta. O princípio ativo tóxico na droga é o THC (Tetraidrocanabinol), que age no sistema nervoso central. Os sintomas nos pets são depressão, desorientação, transtorno neurológico com falta de coordenação de movimentos e equilíbrio, e pode levar ao coma. A pupila do animal fica dilatada e ele pode ter fotofobia (sensibilidade a luz).

planta-toxica-para-cachorro-gato-mamona-petrede
A mamona tem em suas sementes e suas folhas perigosos princípios ativos que, se ingeridos, atacam o sistema nervoso. O pet pode vomitar, salivar em excesso, ter diarreia, sensibilidade abdominal, cólicas, desidratação, sangramento nas fezes e elevação da temperatura corporal.

planta-toxica-para-cachorro-gato-tomate-verde-petrede
As folhas e os frutos verdes possuem alcaloide tomatina, uma toxina que pode causar arritmias cardíacas, dificuldade de respirar, salivação abundante, diarreia e vômito. Porém, quando os tomates verdes ficam maduros, a tomatina se transforma em um composto inerte.

planta-toxica-para-cachorro-gato-violeta-petrede

Violeta

Os sintomas que aparecem no animal em caso de ingestão da violeta em grandes quantidades são severas gastrites, depressão circulatória e respiratória, além de diarreia e vômito. O problema está nos princípios ativos violinha, ácido tânico e salicílico.
Anterior

Chocolate pode fazer mal ao cachorro. Veja opções de petisco para a Páscoa

Próxima

5 motivos para incentivar os cães a destruírem seus próprios brinquedos