0
Shares
Pinterest Google+

giardia-giardiase-petrede

A é uma comum que afeta a saúde dos cães. A causa complicações intestinais ao animal e pode ser transmitida ao homem. De acordo com Karine Lodi, veterinária do Hospital Veterinário Batel (HVB), a acontece quando o animal ingere o cisto do protozoário. “Os pets ingerem esse cisto pelas fezes de animais infectados, por meio de alimentos e pela água contaminada”, ressalta.

Para combater a doença, a médica indica que a é uma forma de amenizar os e evitar que o animal doente elimine os cistos da giárdia no ambiente. Porém, a vacina estava em falta no mercado desde 2010 e, somente agora, foram recebidos novos lotes. “Por isso estamos alertando os donos que tragam seus cães para colocar a vacinação em dia. Como o período sem imunização foi muito extenso o pet precisará tomar duas doses com o intervalo de 30 dias cada uma. Para o dono que trouxer o cachorro ao HVB, a segunda dose será aplicada gratuitamente, desde que traga a carteirinha de vacinação”, comenta.

Desta forma, o animal ficará imune contra o parasita até receber a próxima aplicação, que deverá ser feita após 12 meses. “A reinfecção nos pets é muito frequente, pois há uma quantidade muito grande de cistos no ambiente. Se ele estiver vacinado, diminui a quantidade de cistos a serem eliminados. Além disso, a limpeza do ambiente deve ser realizada com produtos específicos que eliminam a giárdia”, explica a veterinária.

No caso de contaminação em humanos a médica faz um alerta sobre os cuidados necessários como a ingestão de água sempre filtrada ou fervida. “Neste caso, hábitos de higiene como lavagem correta das mãos e dos alimentos são cuidados fundamentais”, recomenda Karine.

Fonte: Paranashop
Anterior

Manifesto de cientistas confirma que animais são seres conscientes

Próxima

Gatos - Educação proporciona mais liberdade