0
Shares
Pinterest Google+

dog_scooter

Mark Schuette é um com muita imaginação e tempo de sobra, ruim pro cachorro dele…

Ele criou este patinete da foto movido por tração canina, mesmo sabendo que existem raças usadas para tração, sempre são usados grupos de animais para esse fim, agora pegar um negócio desses, amarrar um cachorro e querer sair por ai já é judiação, espero que a venda disso seja proibida pois sem critérios imaginem o que isso pode virar, molecada apostando corrida, pessoas com peso maior do que o bichinho pode puxar e por ai vai.

Espero que esta seja apenas mais uma bizarrice que não passará de notícia, o “aparelho de canina sobre rodas”, como chamei esta invenção, custa aproximadamente R$ 1.000,00, que bom!!!

O criador do negócio ai diz que o exercício é bom pros cachorros, vou falar pra ele que para nós humanos também e sugerir que ele saia puxando uma carroça por ai…

Anterior

Garoto cria invenção que protege pássaros que dão de cara em janelas

Próxima

Larousse dos Gatos

  • Não seria mais inteligente da sua parte imaginar que o criador desse “patinete” tinha a intenção de proporcionar mais saúde para os cães?

    Quem compra um aparelho desses almeja isto: promover uma forma de exercício para o cão.
    Existem raças de trabalho, como o husky, samoieda, etc. Se não se exercitam de forma conveniente ficam estressados. 
    Pensar de forma tão negativa, imaginar, por exemplo, que um obeso mórbido se preocuparia em comprar um aparelho desses… por favor camarada.

  • Renato Nogueira

    Com
    certeza vc não entende nada de cachorro para fazer essa critica… Claro que
    não seria bacana abusar dos cães. Mas, o que a invenção está propondo é uma
    forma de o cachorro fazer atividade física e interagir com seu dono. Se
    acontecer um abuso é culpa do dono irresponsável e não da invenção.  

    Passeio com meus cachorros me puxando de bicicleta, se você pudesse ver a
    alegria deles quando me vê pegando a bicicleta com as peitorais, vc não falaria
    isso. Você pode me falar que eles ficam felizes pq estão saindo e não pq vão me
    puxar. Se o passeio fosse aversivo você acha que eles ficariam felizes? Se eles
    não gostassem eles iriam se afastar ou se aproximar?