1
Shares
Pinterest Google+

A de pequenas cutâneas na região abdominal de cães filhotes é bastante comum. Essas lesões podem ser chamadas de Impetigo. Os filhotes com impetigo apresentam pápulas e pústulas na pele da região abdominal. As pápulas são elevações superficiais na pele facilmente vistas e sentidas ao toque. As pústulas são pequenas “bolhas” contendo pus. Além dessas lesões podem ser notadas crostas superficiais na região.

O Impetigo é uma dermatite pustular superficial que normalmente apresenta fácil resolução. Trata-se de uma infecção cutânea cuja principal não está relacionada diretamente à pele e sim a outros fatores, principalmente a variação de . Os filhotes são muito vulneráveis e podem apresentar infestações por endo e ectoparasitas, além de má condição nutricional o que influencia diretamente na competência imunológica.

Por isso, a primeira consulta com o veterinário é muito importante pois é o momento em que o tutor será orientado a respeito de todos os necessários com seu filhote. Serão prescritos , tratamentos contra e carrapatos, vitaminas e ração de qualidade com prescrição quanto à quantidade e adequadas. Esses esclarecimentos serão fundamentais para manter a saúde da pele e pelo além do bem-estar do seu pet.

Normalmente, após algumas administrações de vermífugos, medicações contra pulgas e carrapatos, alimentação com ração de qualidade e em limpo, as lesões de impetigo tendem a regredir. Em alguns casos mais complicados, o veterinário pode indicar medicações tópicas para acelerar a resposta.

O tratamento para o impetigo é simples e o prognóstico bastante favorável. De modo geral, consiste na melhora das gerais do animal que favorecerão a imunológica. Em casos de lesões mais disseminadas podem ser administradas medicações tópicas a base de antibióticos e shampoos antibacterianos que apresentam excelente resultado.

É fundamental ressaltar a importância de não medicar seu animal sem orientação de um profissional. O médico veterinário poderá avaliar as lesões e julgar a real chance de ser impetigo. Existem algumas afecções como de insetos e sarna que podem ser confundidas pelo tutor.

Para fechar o diagnóstico, o veterinário irá considerar fatores como idade, , sexo e outros aspectos clínicos. Na maioria das vezes, a clínica é suficiente para perceber que trata-se de impetigo, mas diante de outras suspeitas, poderão ser realizados exames complementares.

Comentários

Previous post

Conheça o estado de espírito do seu gato sem precisar falar com ele

Next post

Segmento pet, o novo filão da hotelaria