0
Shares
Pinterest Google+

cachorro-ouro-dinheiro-valor-precioso-petrede

Após receber US$ 1 bilhão no divórcio de John Kluge, a britânica Patricia Kluge pode voltar a andar de ônibus e contar os trocados para o supermercado. A ex-modelo e atriz em filmes pornô, que foi casada com um dos homens mais ricos dos Estados Unidos, enfrenta um processo de falência de seus negócios e não tem como pagar os empréstimos de sua vinícola. Até os cães de estimação da família foram arrolados como possíveis bens para venda e pagamento.

Casada pela terceira vez com um ex-executivo da IBM, Patricia já perdeu a mansão de 45 quartos, vendida ao Bank of America por US$ 16 milhões, bem abaixo do preço de mercado. Ela também já vendeu a vinícola na Virginia ao bilionário Donald Trump, que é amigo da família.

Patricia precisa quitar suas em pelo menos US$ 48 milhões. A humilhação maior veio agora, com advogados obrigando Patricia e o marido Bill Moses a listar todos os seus bens, incluindo aqueles pessoais que poderiam ser vendidos no futuro. O documento de 35 páginas foi divulgado pelo jornal britânico “Mail on Sunday” e inclui Basil, um cão da , e o Mr Choo, ambos avaliados em US$ 500.

Até mesmo o anel de noivado de Patricia e sua aliança de casamento aparecem listados a US$ 30 mil e US$ 48 mil, respectivamente.

No total, há mais de 90 itens pessoais na lista, como o apartamento em Marrakech. O valor total, porém, está levemente abaixo dos US$ 4,8 milhões, uma fração do que o casal deve em obrigações.

Patricia Kluge, que cresceu em Bagdá e Londres, disse ao jornal que “as últimas semanas têm sido um pesadelo” e que ir à falência é como ir ao inferno. Ela já vendeu vários itens pessoais, mas diz que espera manter os cães. “Talvez eu seja obrigada a vender, mas isso será uma decisão da justiça”, disse. “A lista de meus bens é uma das coisas que precisa ser feita durante um processo de falência nos Estados Unidos.”

“Eu já perdi minha casa, meu negócio e a maior parte das minhas joias. Você aprende rapidamente que esses objetos não são as coisas que te definem como pessoa”, afirmou.

Filha de uma tradutora britânica, Patricia viveu com a mãe no Iraque. Na juventude, ela posou nua para a revista “Knave” e estrelou um filme pornô, “As Nove Eras da Nudez”, de 1969.

Ela ficou famosa nos anos 1970 por suas festas grandiosas e era uma figura conhecida no jet set internacional. Em 1985, porém, Patricia foi obrigada a deixar o comitê de boas vindas ao príncipe Charles e à princesa Diana porque detalhes do seu passado apareceram na imprensa.

Na época, ela ainda era casada com o bilionário John Kluge, que chegou a figurar na lista como o homem mais rico dos Estados Unidos. Quando o casal se divorciou em 1990, ela recebeu US$ 1 bilhão, incluindo a casa Albemarle, de 45 quartos.

Agora só resta a Patricia vender os carros, barcos, caiaques e outros bens para tentar escapar da justiça americana, que pode condenar o casal pelo não pagamento da dívida.

Apesar da triste situação, ela disse ao jornal “Mail on Sunday” que ficou feliz em saber que Trump iria manter os funcionários da vinícola. E que, passada a fase difícil, as coisas ficarão melhores. “Eu sei que houve momentos na minha vida em que eu tinha tudo, mas estava infeliz. Só tenho a aprender com isso.”

Fonte: Época Negócios
Milionária britânica pode vender até cachorros para pagar dívidas foi modificado pela última vez: janeiro 15th, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Surfe e limusine: veja mordomias para cães em hotéis de luxo

Próxima

Campanha visa conscientizar donos de animais a recolher as fezes