0
Shares
Pinterest Google+

O resultado está no “Inside of a Dog”, recém-lançado no com o “A Cabeça do Cachorro” (BestSeller, 420 págs., R$ 29,90). Em à Folha, ela discute o encanto desses bichos e diz como eles se sentem quando são de igual para igual.

Folha – Os cães gostam de ser tratados como humanos?
Alexandra Horowitz – Provavelmente ficam confusos quando falamos com eles com frases longas e incompreensíveis ou quando os vestimos. Não faz .

Você acha que os cães podem ser tratados como ?
É normal os cães fazerem parte da . Por outro lado, eles não têm a capacidade para compreender tudo o que uma é capaz de compreender. Não devemos esperar isso. Punir um cachorro por mau é apenas . O cão não percebe que fez algo errado, só sabe que deixou você com .

É muito melhor não pensar no seu cão como se ele fosse uma criança. Trate-o como o animal que ele é: uma criatura olfativa, que depende de você a maior parte do tempo e precisa de , brincadeiras e de uma família para ser feliz.

Podemos dizer que os cachorros estão cada vez menos animais e mais humanos?
Não, mas nós pensamos que sim. No entanto, eles já perderam muitas habilidades que precisariam para sobreviver sozinhos na selva e até nas cidades.

O que faz dos cachorros bichos tão especiais?
Eles têm muitas habilidades para se relacionar com os seres humanos. Essas podem ser características naturais ou então, ao longo da história, eles foram sendo selecionados e treinados. Certamente são os animais que mais conseguem entender e interagir com os humanos.

Quais são essas habilidades?
Eles são especialmente sensíveis, atentos e muito curiosos. Se você vive com um cão, provavelmente ele está perto de você agora, observando atentamente ou pronto para olhar para você a qualquer instante.

Eles nos observam o tempo todo e conhecem nossos hábitos. É engraçado que achamos isso agradável em um animal de estimação, mas não seria tão agradável se fosse em outra pessoa.

Os cães também correspondem às nossas ações: seguem os passos, ouvem o que dizemos (quando sabemos falar com eles) e nos perdoam sempre.

Mas têm mesmo sentimentos parecidos com os da gente?
Sim, sentem todas as emoções básicas: raiva, medo, alegria, tristeza. Ainda não se sabe se eles sentem ciúme ou culpa da mesma forma que nós sentimos. Há pesquisas sobre isso. Acho improvável, porque são emoções baseadas na cultura humana. Por outro lado, é claro que eles também têm outras emoções próprias da espécie.

Anterior

Quando ajudar é ilegal

Próxima

Ana Hickmann doa filhote de cachorro para Bope