PM recebe pena alternativa por balear cachorro em Salvador

Um policial militar acusado de balear um cachorro em outubro de 2008 em Salvador recebeu uma pena alternativa em um julgamento na quarta-feira no Fórum Desembargador Carlos Souto, na capital baiana.

Wellington Sena Mariano foi condenado a dar um saco de ração por dois anos a uma entidade de proteção aos animais. O gasto total da medida será aproximadamente R$ 1.280.

O agente também vai trabalhar sete horas por semana em uma entidade de assistência social, durante seis meses.

O caso
Na época, o cão alvejado acompanhava um morador de rua que dormia na escadaria da Câmara Municipal.

O PM alegou que foi atacado pelo animal, mas, de acordo com a advogada Ana Rita Tavares, que presenciou a cena, o militar foi agressivo com o homem e provocou a reação do cão. Mesmo ferido, o cachorro sobreviveu.

0 opinião sobre “PM recebe pena alternativa por balear cachorro em Salvador”