0
Shares
Pinterest Google+

O animal tem sido um dos assuntos mais abordados hoje em dia e este, sem dúvida, é um dos comportamentos mais intrigantes, pois mais uma vez, várias teorias são mostradas.

Muitos garantem que o mato na do cão funciona como uma erva medicinal. Eles comem gramas e matinhos quando se sentem com o “enjoado”. A age como um irritante do estômago, fazendo o animal a comida “indesejada” ou o “” ingerido.

A grama, também, adiciona à dieta do animal, melhorando o trato intestinal e reduzindo o risco de de .

Há quem acredite que é uma forma de evitar ou banir os intestinais. Mas, veterinários garantem: há cães que comem grama frequentemente e mesmo assim têm e também existem aqueles que nunca foram vistos comendo grama e que nunca tiveram .

Outra possível resposta é que os cães têm um desejo instintivo dos minerais e das fibras presentes no mato. Pode haver alguma verdade nessa resposta. Os antepassados selvagens do nosso cão de hoje se alimentavam principalmente de pequenos herbívoros como os camundongos, ratos, coelhos, etc.

Naquele tempo, quando esses cães ingeriam suas presas, eles geralmente consumiam junto a grama no estômago desses. Portanto, acredita-se que desde que os cães têm evoluído ao longo dos milênios, comer grama é parte de uma necessidade fisiológica como um complemento a uma dieta regular.

Anterior

Samsung cria casa high-tech para cachorros

Próxima

A importância das vitaminas na alimentação dos filhotes