0
Shares
Pinterest Google+

Muitos acham que é frescura, mas a falta de da boca do seu cachorro causa mais do que . Ela ajuda na proliferação de bactérias que criam as placas bacterianas e o acúmulo de . A doença periodontal pode causar ou piorar problemas em outros órgãos do corpo, como infecções no coração, doenças no fígado e nos rins.

Assim como nós, os cães podem desenvolver doenças na boca pela falta da escovação. As periodontopatias ocorrem de duas formas: e a , sendo essas as causas mais comuns de infecção oral e perda de dentes em cães.

Gengivite
Trata-se da inflamação das gengivas, que pode se transformar em periodontite. Os sintomas da gengivite são sangramentos e vermelhidão da gengiva, desconforto e dor, além de dificuldade em mastigar qualquer alimento.

Periodontite
Mais séria do que a gengivite, a periodontite é uma infecção que pode se espalhar pelos tecidos e pelos ossos em que as raízes dos dentes se prendem. O comprometimento destes ossos pode levar a perda dos dentes e é irreversível. “Os sinais mais frequentes de doença bucal são: mau hálito, vermelhidão e/ou sangramento, dor ao abrir a boca, salivação excessiva e presença de cálculo dental [tártaro]”, relata a veterinária Adriana de Ricio.

Quando ainda é filhote, a boca do cachorro estará sensível porque os dentes ainda estão nascendo.

Nessa fase, ele vai passar muito tempo roendo. É recomendável dar brinquedos mastigáveis ou biscoitos que ajudam a manter todos os dentes limpos.

Escolha a escova adequada ao tamanho do cachorro, com cerdas macias. Ele tentará mastigar a escova, mas não deixe. Se no início o cachorro não aceitar a escovação, para facilitar o processo, comece com a escova de borracha macia que se encaixa na ponta do dedo, com isso, você chega mais perto dos dentes do cachorro. “Para prevenção, a melhor maneira é a escovação diária, sempre com pastas e enxaguantes bucais à base de digluconato de clorexidina a 0,12%”, explica Adriana.

Se o seu pet aprendeu a confiar em você, se começou desde cedo a cuidar dos dentes dele, não vai se opor a abrir a boca. Entretanto, podem ser necessárias algumas vezes até chegar a esse ponto, mas tenha paciência e acaricie-o muito quando terminar. Segure com cuidado a boca do cachorro e escove os dentes delicadamente num ângulo de 45º. Escove de cima para baixo, na frente e atrás, tanto os dentes de cima como os de baixo, indo e vindo com a escova.

Limpe a ponta e a base de cada dente. Experimente começar essa rotina depois de ter brincado com ele, pois então é provável que você o tenha tocado pelo corpo todo e ele reconhecerá seu toque mais facilmente. Se ele ficou suficientemente cansado, aceitará com mais facilidade o que você tiver de fazer com ele. “Uma boa alimentação, com ração seca e ossinhos, ajuda no controle da formação de tártaro, mas nada substitui a escovação”, relata a veterinária.

Portanto, para manter a saúde de seu animal de estimação fazendo com que ele tenha mais longevidade, procure um médico veterinário para avaliação odontológica. Seu pet agradece!

Autor: Camila Ricoy
Fonte: Rede Bom Dia
Você já escovou os dentinhos do seu pet hoje? foi modificado pela última vez: agosto 28th, 2013 por Alexandre Domingues
Anterior

Bebês que crescem com animais de estimação desenvolvem menos alergias a eles

Próxima

Homeopatia é alternativa para tratar bichos de estimação

  • joao lucas

    minha cachorinha  esta com  muito mau alito  eu  vou der que a levala num  veteninario  pois 4 dentes estam para cair por quanta de não escovação