Americana alega que atirou em gato porque felino atacou seu pit bull

petrede-gato-armaA norte-americana Polly Boykin, de 52 anos, foi presa na semana passada em Lakeland, no estado da Flórida (EUA), acusada de atirar em um gato. A mulher alegou legítima defesa, pois o felino teria atacado ela, sua irmã e seu pit bull, segundo o jornal “The Ledger”.

De acordo com a polícia de Lakeland, o incidente começou quando o gato chamado “Skeeter” entrou no quintal da casa de Polly e foi perseguido pelo pit bull da mulher. Quando a irmã de Polly tentou pegar o gato debaixo de uma casa vizinha, o felino a teria atacado.

Ainda, segundo a polícia, Polly então pegou um revólver e atirou no felino. A mulher disse que atirou no gato em autodefesa. Ela foi levada para a cadeia acusada de crueldade contra os animais e uso de arma de fogo em público.

Fonte: G1

0 opinião sobre “Americana alega que atirou em gato porque felino atacou seu pit bull”

  1. Nossa desculpa mais esfarrapada desta mulher como um simples gatinho poderia ataca-lo ela fez isso por pura crueldade, pois concerteza o gatinho atacou sua irmã pois estava muit assustado com o cão, sinceramente eu adoro cães e gatos e não consigo imaginar como alguém pode fazer isso com um animal.

Deixe uma resposta