0
Shares
Pinterest Google+

Quando o assunto é , a maioria das pessoas tem uma tendência enorme a conectar este ao mundo dos cães, de maneira quase automática.

No entanto, as coleiras para gatos também são um artigo de grande , podendo garantir a e a permanência dos bichanos no capo de visão de seus donos – evitando que ele se perca enquanto explora o mundo.

Assim como no caso dos direcionados para os cães, as coleiras para gatos também podem ser encontradas em diferentes , materiais, estilos e cores – facilitando o processo dos donos de pets para encontrar um artigo com o qual o felino se adapte. E essa pode não ser uma muito simples já que, livres e independentes por natureza, os felinos tendem a não gostar muito de ser ‘presos’ por tipo algum de acessório.

Essa fase da pode exigir muita dos donos do pet – que devem tentar acostumar o felino com o acessório dentro de casa antes de levá-lo para – mas o uso da coleira nos gato pode ser uma ótima forma de garantir a segurança deles e, portanto, vale a pena.

Embora haja diferentes modelos disponíveis no mercado, a coleira considerada ideal para os gatos é a do tipo . Além de ser capaz de manter o bichano e , também evita e o que o animal poderia sentir ao fazer o uso de outros modelos – como os presos no pescoço do felino, que podem acabar machucando o animal quando ele tenta se soltar.

As coleiras chamadas de ‘breakaway ‘ também podem ser indicadas para quem tem felinos exploradores, já que conta com um sistema especial que abre o colar sozinho quando o gato enrosca a coleira em algum tipo de obstáculo – fato bastante comum na vida dos felinos de espírito mais desbravador.

Além das que têm a segurança como principal objetivo, também há coleiras como as antipulga, que buscam afastar esse tipo de problema incômodo do bichano. No entanto, além de serem consideradas ineficientes para os gatos, essas coleiras também podem contar com substâncias nocivas à pele do animal. Portanto, antes de adquirir um artigo desse tipo para o seu felino, é preciso consultar um veterinário para que ele possa avaliar as vantagens e os perigos que isso pode trazer para a vida do seu pet.

Feito isso, basta escolher a cor e o seu estilo favorito (além da guia) e começar a fase de adaptação com o bichano, para que seja possível sair de casa com ele sem correr o risco de que se perca e, ainda, fazendo bem para a sua saúde – já que os passeios dos felinos domésticos são de extrema importância para que ele possa se desenvolver e viver saudável, longe de problemas como o da .

Outro fator muito importante a lembrar na hora do passeio é o de não deixar de afixar uma placa de na coleira do gatinho. Dessa forma, é possível garantir que o seu pet felino não fique perdido mesmo que, de alguma forma, ele consiga se soltar da guia e fugir no meio de um passeio pelas ruas.

Matéria validada pelo Dr. Ricardo Tubaldini (CRMV – SP 23.348), Médico Veterinário formado pela Universidade Paulista e Cirurgião Geral e Ortopedista em Hospital Veterinário de São Paulo. Dr. Tubaldini é Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato.
Anterior

Lei Pet: conheça as legislações que protegem seu bichinho

Próxima

Transporte de animais de estimação em veículos pode gerar acidentes

  • Suely Bischoff Machado de Oliveira

    Olá.Bom dia.Utilizo algumas coleiras em alguns gatos meus. Como moro numa pequena chácara no interior paulista, com árvores, pomar,horta,etc…….. tenho medo se ele vai subir numa árvore e engancha a coleira e pode ficar desconfortável. Nunca vi uma coleira breakaway por aqui.Deve ser muito interessante.

  • Pingback: Coleiras para gatos podem garantir a segurança do seu pet | Vitrine de Franquias()