0
Shares
Pinterest Google+

Um dos pode ser acusado de contra os animais depois que colocou um gato em um forno quente e disse que o animal havia se na rua. A informação foi divulgada pelo site de notícias KTLA.com.

Charles Garnett disse em que seu gato Tigger ainda anda, mas com dificuldade pelas patas queimadas. Segundo ele, no sábado passado ele levou o animal para a casa da namorada, que tem um filho de 18 anos.

A reportagem cita Garnett dizendo que deixou o gato sob os do menino enquanto saiu com a namorada. Quando ele voltou, ele encontrou o animal machucado. “Ela achou pelo de gato no forno e descobriu que suas patas estavam queimadas. Assim percebi que ele tinha sido colocado no forno”, disse Garnett.

O adolescente não admitiu ter machucado o gato, mas afirmou que o gato fugiu e que foi encontrado já machucado. A não aceitou a explicação e pode acusar o menino de maus-tratos. O gato está sob cuidados de .

Fonte: G1
Anterior

Animais feridos ou mutilados podem ser adotados no Ibama

Próxima

Tráfico de animais reduz expectativa de vida de papagaios em até dez vezes