0
Shares
Pinterest Google+

O gato Cooper não é apenas um bichinho de estimação. Ele virou um gato e seus trabalhos são vendidas na internet por até R$ 500. Na verdade, os donos de Cooper colocaram uma automática na do animal, que dispara a cada 2 minutos, registrando por onde o gato passa todos os dias.

Tudo começou como um ‘experimento geográfico’ dos donos de Cooper, Michael e Deirdre Cross. O casal queria se certificar que o gato não estava em locais perigosos ou invadindo casas vizinhas enquanto eles estavam fora. Porém, os dois começaram a se surpreender com a qualidade das imagens registradas pelo gato. As fotos de Cooper mostram o que ele encontra pela rua, como seus esconderijos, os animais que cruzam seu caminho e o que acontece na vizinhança de seu quintal, em Seattle, nos Estados Unidos.

O experimento já dura um ano e ajudou os donos a entenderem melhor as necessidades do gato. Eles perceberam, por exemplo, que Cooper passava muito tempo em casa esperando os donos, pois apareciam muitas fotos da porta. Para solucionar o problema, resolveram instalar uma entrada especial nas portas do fundo, para que o bichinho pudesse sair e voltar a hora que quisesse.

Uma vez por semana, os donos de Cooper penduram uma máquina fotográfica bem leve na coleira de Cooper para assumir seu lado ‘fotógrafo’. O felino já é mundialmente conhecido e as fotos do animal já foram tema de duas exposições nos Estados Unidos.

Veja ao vídeo de Cooper em ação no programa ‘Must Love Cats’ do canal ‘Animal Planet’

Anterior

Onça selvagem atropelada é operada

Próxima

Resgate de cães mostra força do movimento pró-animais na China

  • gisele Fiaux

    Quando se pensa que já viu de tudo, somos surpreendidos mais uma vez, kkkkkkkkk.
    Mas a ideia é até legal, já que os donos conheceram um pouco melhor seu bichano. Abraços.