0
Shares
Pinterest Google+

Um gatinho de quatro meses chamado Harvey nasceu com uma rara. O felino não possui nas patinhas dianteiras. Ele aprendeu a caminhar usando os seus “cotovelos” e, atualmente, esse é o jeito mais confortável para Harvey se locomover.

gato-sem-ossos-nas-patas

Harvey sofre de e a doença só foi descoberta após ter sido levado, junto com mais alguns filhotes, para uma instituição que ajuda a encontrar pessoas que queiram adotar animais. Ao chegar no local, Harvey foi submetido a um exame de que constatou o problema.

A tutora adotiva do felino, Liz McCulloch, de 50 anos, diz que Harvey se dá muito bem com os outros animais da casa e que até brinca e corre com seus cachorros e gatos. “Vale qualquer esforço, ele é um animal adorável”, revela a britânica em entrevista ao Daily Mail publicado nesta quarta-feira.

Segundo um veterinário de Glascow, na Escócia, a condição pode ser corrigida através da implantação de pinos de metais entre a pata e o osso superior. Mas a operação só pode ser realizada apenas em gatos com mais de seis meses de idade, para que os poucos ossos existentes tenham tempo de endurecer e suportar o peso dos pinos. Ele afirma que apesar de o animal se sentir confortável caminhando com os “cotovelos”, mais tarde a posição poderá prejudicar a coluna do felino.

Em apenas três dias a instituição já conseguiu angariar três mil libras, o equivalente a R$ 10 mil, faltam apenas dois meses para que Harvey seja submetido a uma que, com certeza, mudará sua vida.

Assista ao vídeo:

Fonte: O Dia Online
Anterior

Especialistas afirmam que tratar bicho como gente pode ser prejudicial ao animal

Próxima

Os interesses envolvidos na lei da vaquejada

  • suely bischoff machado de oliv

    Olá.Boa tarde.Puxa nunca vi nada parecido,mas desejo que o peludinho HARVEY  possa efetivamente ser operado e ter uma qualidade de vida melhorada.Ele é muito fofinho e merce o melhor. Nota Dez para a tal Instituição que angaria fundos para ajudar estes amiguinhos tão lindos.desejo o melhor para a Instituição e evidentemente para o fofinho Harvey.