Homem é acusado de crueldade após temperar gato vivo

Um homem está sendo processado por crueldade contra animais em Buffalo, Nova York, depois que um gato vivo foi encontrando temperado com óleo e pimenta no porta-malas de seu carro. As informações são da agência AP.

Policiais ouviram o gato miar quando pararam Gary Korkuc, 51 anos, em uma operação de rotina. Os investigadores encontraram então o animal em uma gaiola, coberto de azeite, pimenta e pimentão.

Korkuc disse aos policiais que fez isso porque o gato, chamado Navarro, tinha se comportado mal. O homem foi acusado de crueldade e liberado. Os investigadores disseram que ele admitiu que ia cozinhar o gato e falou uma série de outras coisas sem sentido, como que seu gato macho estava esperando filhotes.

Navarro foi limpo e colocado para adoção por integrantes de uma organização defensora dos animais.

Fonte: Terra

0 opinião sobre “Homem é acusado de crueldade após temperar gato vivo”