1
Shares
Pinterest Google+

Uma  característica marcante da personalidade felina é o famoso ronronar.

Quem tem um sabe o quanto é gostoso ouvir o ruído tranquilizante da língua do “R”.

O barulhinho parece uma melodia de ninar. Na verdade, esta é a sua música. Só que infelizmente, não é só de satisfação que ele ronrona, mas também por e . Porém, é muito fácil identificar se é ou insatisfação o que sente, pois quando ele faz este barulho perto do dono e procura aconchego, devemos aproveitar este momento, pois significa que quer compartilhar conosco deste momento de felicidade.

Ao contrário, se ele se esconde e não quer conversa com ninguém, pára de se alimentar e procura estar sempre só, o ronronar comprova ser preocupante e logo um veterinário de confiança deve ser consultado.

Por causa deste ruído, durante séculos, para o homem, o gato foi o vilão dentre os animais.

É preciso desmistificar o fato de que o gato tem e causa . Pessoas menos informadas passaram tais informações e parece que estes tabus foram passados de geração à geração e muita gente, ainda hoje, em pleno ano 2000, não tem a companhia de um gato, só de medo de pegar tal doença. Tudo por não saberem traduzir esta linguagem, sem ser igual, que só os felinos a possuem, que é o ronronar.

O gato ainda sofre a injustiça do homem, por ignorância e falta de informação a respeito. Ninguém havia pesquisado sobre este som abafado, que é produzido pela dilatação de uma veia localizada próxima às cordas vocais, que vibra quando o animal está feliz ou doente. Logo, crendices populares repercutem facilmente, mas nem sempre são verdadeiras e a pesquisa científica está aí para provar o contrário.

Gato faz bem à saúde dos humanos e pesquisas recentes comprovam que pessoas que convivem com animais e especificamente com o gato sofrem menos de “stress”.

Você sabe o que é o ronronar? foi modificado pela última vez: agosto 3rd, 2017 por Alexandre Domingues
Anterior

Cães e gatos devem fazer check-up periodicamente como prevenção

Próxima

Dia da Saúde Bucal: pets também precisam ir ao dentista

  • Léia

    Bem interessante, são detalhes que fazem a grande diferença.

  • naty

    Não sabia que podiam ronronar quando doentes também.
    Tenho um gatinho novo, que tem um ronronar turbo, é super alto. hehehe

    Parabéns pelo site!

  • suely bischoff machado de oliveira

    Olá

    Simplesmente encantador este peludinho “pagando mico”! Achei fantástico!Ele ou ela se parece muito com a minha Charlotte, uma peludinha muito charmosa. Assim, é sempre bom as pessoas ficarem bem informadas com relação ao ronronar, e desmistificar pensamentos equivocados na população em geral. Se o ronronar fôsse “asma”, eu já estaria com asma há muito tempo, pois que, desde pequena sempre tive bichinhos e eles dormiam comigo. Aliás, os peludinhos felinos possuem algo de suma importância para nós seres humanos, pois que ,são seres muito sensíveis e antenados com as pessoas, assim, eles percebem de imediato ,se voce está alegre, triste, preocupada, com algumas dificuldades, etc…., e buscam “desfocar “voce das preocupações do dia a dia; especialmente fazendo gracinhas ou mesmo algumas travessuras para chamar a sua atenção. Eles são verdadeiros terapeutas do mundo animal!

    abraços

    suely bischoff machado de oliveira
    psicóloga
    atibaia